30 de novembro de 2017

SEM LULA, PARTE DO ELEITORADO JOVEM DO PT MIGRARIA PARA BOLSONARO

Embora em espectros ideológicos opostos, Lula e Bolsonaro têm o potencial de atrair os mesmos eleitores, principalmente entre os jovens.

A tese preocupa o PT, que analisa com certa tensão a possibilidade de, sem seu líder no páreo, caso seja condenado em segunda instância, ocorrer uma migração do eleitorado jovem ao deputado federal.

Segundo a Folha de S. Paulo, a sigla observa essa flutuação como a prova de que a sociedade brasileira estaria totalmente descolada da política. Em outubro, o Datafolha publicou pesquisa segunda a qual Bolsonaro tem seus melhores índices (24%) entre pessoas na faixa etária dos 16 aos 24 anos. O mesmo ocorre com Lula (38%). Sem o ex-presidente, porém, a preferência pelo parlamentar subiria para 27%.

PSDB PROPÕE MAIS IMPOSTOS PARA RICOS E DEMITIR SERVIDOR POR MAU DESEMPENHO

A eterna novela da disputa interna dentro do PSDB teve novos capítulos nesta semana, com a divulgação de um documento pelo Instituto Teotônio Vilela, ligado ao partido, propondo novas diretrizes para a legenda de olho nas eleições de 2018.

No texto Gente em primeiro lugar: o Brasil que queremos, os líderes do PSDB que controlam o instituto, presidido pelo paulista José Aníbal, dizem que é necessário um "choque de capitalismo" no país, propõem novas privatizações e sugerem a cobrança de serviços públicos para o mais ricos. O Estado, dizem não deve ser "nem máximo, nem mínimo, pois esse é um falso dilema", diz o manifesto, que também volta a defender o parlamentarismo como sistema de Governo para o Brasil.

O texto critica o "populismo" das gestões petistas, mas não faz qualquer autocrítica sobre o período em que os tucanos estiveram na Presidência, entre 1995 e 2002, ou nas décadas à frente do Governos estaduais, como o de São Paulo. O documento diz que deve haver "justiça fiscal", com "tributos maiores para os que detêm mais riqueza" e defende que servidores possam ser demitidos por má performance.

O instituto, que diz ter colhido colaborações de especialistas, afirma que se trata de "uma proposta aberta", o começo do debate antes da eleição da nova executiva do partido, mas nem todo mundo ligado à legenda viu assim: "Como pode um partido cuja a marca é a qualidade dos seus quadros técnicos e economistas apresentar um trabalho tão fraco como esse?", disse a economista Elena Landau, ex-diretora de Privatização do BNDES no Governo FHC.

EM CPI EIKE CONFIRMA REPASSE DE US$ 2,5 MILHÕES AO PT

Acusado de pagar propinas e cometer crimes financeiros, o empresário Eike Batista reiterou, na quarta-feira, à CPI do BNDES no Senado que fez doação de US$ 2,5 milhões para quitar gastos de campanha do PT, a pedido do então ministro da Fazenda Guido Mantega, mas não respondeu se repassou via caixa dois R$ 5 milhões para a eleição de Fernando Haddad à prefeitura de São Paulo, conforme declarou Monica Moura, mulher do marqueteiro João Santana, em sua delação premiada.

O silêncio do empresário irritou o senador Lasier Martins (PSD-RS), único a fazer perguntas incisivas ao depoente na reunião, que ocorreu esvaziada e onde Eike foi tratado como uma espécie de consultor, sendo questionado a respeito dos setores produtivos no Brasil e razões da crise. Sobre a questão envolvendo Haddad, após consultar os dois advogados que o acompanharam, o empresário se limitou a dizer:

-Estou prestando esclarecimentos às devidas autoridades.
- Para nós não. Nós não somos autoridades. O senhor sabe que CPI tem valor equivalente a processo penal? perguntou Lasier, de forma enfática.

Questionado se as doações a campanhas políticas tinham como objetivo receber algum auxílio nos negócios, Eike afirmou que o interesse do grupo era chamar a atenção do governo para os próprios projetos:
-No fundo, o grupo estava interessado em fazer o governo enxergar a importância estratégica dos projetos.

Lasier Martins afirmou que Eike era “homem de copa e cozinha” do ex-presidente Lula, para perguntar sobre a proximidade entre os dois. O empresário retrucou, dizendo que as reuniões com o petista só começaram em meados de 2012:

- Foi quando comecei a vir mais até Brasília, porque o grupo não tinha recebido áreas de pré-sal. Queríamos até fazer parcerias com a Petrobras, mas éramos persona non grata. Ao ser questionado pelo senador Lasier por que foi preso, Eike manteve-se em silêncio.

PADILHA DIZ QUE ENCONTRO DE TEMER COM LÍDERES SERVIRÁ PARA "AFERIR DIFICULDADES" PARA PREVIDÊNCIA

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse nesta quinta-feira que o jantar do presidente Michel Temer com lideranças partidárias da Câmara dos Deputados, previsto para ocorrer no domingo, terá como objetivo avaliar as dificuldades do governo para votar a nova versão da reforma da Previdência.

"Possivelmente o que vai se ter (no jantar) é uma aferição das dificuldades que, por ventura, restaram após o enxugamento que foi feito no texto da Previdência. A esperança do governo é que a gente consiga ter o placar no momento que é antes do encerramento deste ano legislativo", afirmou a jornalistas.

Temer vai participar de um jantar na residência oficial da Câmara promovido pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com líderes e presidentes de partidos da base. Padilha disse que o governo não descartou tentar votar a proposta na próxima semana, mesmo diante da constatação feita por líderes partidários da Câmara de que não pretendem apreciar a matéria.

Segundo o ministro, o governo trabalha para votar a proposta "com a maior brevidade possível", mas ressalvou que cabe a Maia e ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), definir a pauta de votações do Congresso e saber "o momento certo" de se colocar o assunto em votação.

O ministro reafirmou que o Palácio do Planalto não vai apoiar que se façam novas concessões ao texto recém-apresentado pelo deputado Arthur Maia (PPS-BA), relator da proposta. Ele repetiu que o governo chegou "no osso" e "não tem mais condições de cortar".

ROMERO JUCÁ É HOSTILIZADO EM AVIÃO E TENTA TIRAR CELULAR DE PASSAGEIRA

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) foi hostilizado em um voo de Brasília para São Paulo nesta quarta-feira (29). "O sr. conseguiu estancar a Lava Jato, foi?", pergunta a passageira Rúbia Sagaz, que confrontou o senador.

A interação foi filmada por ela e por outras pessoas na aeronave. "Safou seus amigos canalhas? O senhor não tem vergonha?", pergunta Sagaz.

Ela faz referência a frase que ficou famosa e faz parte de conversa revelada pela Folha de S.Paulo em maio de 2016, entre o senador e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, em que ambos fazem referência a um pacto para parar as investigações da Lava Jato.

No vídeo, Sagaz, que postou as imagens em sua página no Facebook, se aproxima do senador, que está de pé próximo a seu assento, e anuncia: "gente, o Jucá, do 'grande acordo nacional, com o Supremo [Tribunal Federal], com tudo". O "grande acordo nacional" também é um trecho da conversa entre Machado e Jucá, de março de 2016, gravada pelo primeiro.

Jucá reage dizendo que a mulher deveria respeitá-lo, e em seguida questiona repetidamente: "Você deve ser petista, né? Por isso que a gente tirou vocês."

Sagaz pergunta se ele, sendo do PMDB, é honesto. Nesse momento, o peemedebista tenta arrancar o celular da mão da mulher, que vai para trás e diz para o político não agredi-la, arrancando palmas do resto da cabine. É possível ouvir outro passageiro questionando: "Vai bater em mulher agora?".

A mulher questiona então como estaria o "acordo para a reforma da Previdência, para a reforma trabalhista". Jucá retruca afirmando estar "recuperando o país" e dizendo que "vocês quebraram o país".

Em seu perfil do Facebook, Rúbia afirmou estar de alma lavada após o encontro. "Só se revolta quem é petista? Partido bom é o PMDB?"

Não é a primeira vez que o senador é hostilizado durante voo. Em fevereiro deste ano, o presidente do PMDB foi abordado por passageiros ao desembarcar no aeroporto de Boa Vista (RR).

Jucá é alvo de diversas investigações no Supremo Tribunal Federal. Em agosto, foi denunciado três vezes pela Procuradoria-Geral da República, acusado de envolvimento em irregularidades da Odebrecht, da Transpetro e no âmbito da Operação Zelotes.

Procurada, a assessoria do senador informou que "a agressora já foi identificada" e disse que o senador avalia se tomará alguma medida após o episódio.

'GAROTOS-PROPAGANDA' DO PMDB SÃO INVESTIGADOS NA JUSTIÇA

O PMDB exibiu na TV nesta semana seu programa partidário defendendo o presidente Michel Temer. Nele, é dito que as denúncias contra Temer fazem parte de uma “trama” que atrapalhou a economia e estabilidade do país.

Em dez minutos de duração, seis peemedebistas aparecem no programa. Três deles, incluindo o próprio Temer, são alvo de inquéritos no Supremo Tribunal Federal.

O presidente têm três inquéritos surgidos a partir da delação de executivos da JBS, sendo que dois só poderão ser analisados quando ele terminar o mandato por decisão da Câmara. O outro, que investiga irregularidades no decreto presidencial dos portos, continua tramitando no Supremo.

Primeiro a aparecer no programa, o senador Romero Jucá, líder do governo no Senado, é um dos mais investigados no STF. Segundo o jornal O Globo, há 15 inquéritos na Corte em que o nome dele aparece boa parte tem origem na Lava Jato. Ele nega que tenha cometido irregularidades.
O terceiro “garoto propaganda” investigado é o presidente do Senado Eunício Oliveira. Há dois inquéritos contra ele um com base na delação da Odebrecht. Ele também nega irregularidades.

Além de Temer, Jucá e Eunício, três outras peemedebistas aparecem no programa partidário. A senadora Marta Suplicy, a prefeita de Boa Vista, Teresa Surita, e a secretária nacional de Políticas para Mulheres, Fátima Pelaes, que não são investigadas no STF.

29 de novembro de 2017

EM ENCONTRO, BOLSONARO EXPÕE DIVERGÊNCIA COM RURALISTAS

Um almoço fechado do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) com parlamentares ruralistas expôs nesta terça-feira, 28, divergências entre o pré-candidato ao Palácio do Planalto e o setor do agronegócio. O encontro foi na sede da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), no Lago Sul.

O discurso de Bolsonaro contra o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e a repetição de uma promessa feita durante a semana de que distribuiria fuzis para fazendeiros enfrentarem “invasores” de terra não foram suficientes para garantir uma liga entre o candidato e o setor. “A gente quer segurança. A gente não quer uma pessoa que traga mais insegurança”, afirmou o deputado Domingos Sávio (PSDB-MG), que foi um dos poucos parlamentares a usar o púlpito montado na sede da FPA para falar.

“Essa campanha está nascendo como uma guerra de marketing. Estão mais preocupados em dar declarações que comovam a opinião pública do que fazer análises profundas”, disse Sávio. “Às vezes somos estigmatizados. O setor agropecuário não pode e não tem o egocentrismo de pensar o Brasil só sob o olhar do campo e da produção. Olhamos questões como saúde, educação e segurança.”

Uma boa parte dos deputados evitou dar declarações. Eles saíram afirmando, de forma reservada, que Bolsonaro foi “genérico” e “inconsistente”. Em entrevista, Bolsonaro reclamou que um deputado, referindo-se a Sávio, o tinha chamado de radical e que 90% dos presentes tinham sido receptivos. “Quero ver se esse vaselina vai resolver o problema da violência. Ele que apresente uma solução”, afirmou Bolsonaro. “Tem de radicalizar contra o MST, mas radicalizar dentro da lei.”

GEDDEL É SÓCIO DE SEIS PRÉDIOS DE LUXO NA BA, DIZ EMPREITEIRO

Empresas do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) têm participação societária em, pelo menos, seis empreendimentos imobiliários de luxo em Salvador.

A informação foi confirmada pelo proprietário da empreiteira baiana Cosbat, Luís Fernando Machado Costa Filho, em depoimento à Polícia Federal na última semana.

Entre os empreendimentos está o residencial "La Vue", prédio que foi alvo de polêmica no final do ano passado após o então ministro da Cultura, Marcelo Calero, pedir demissão alegando ter sofrido pressões de Geddel para liberar as obras do empreendimento.

A polêmica resultou no pedido de demissão de Geddel da Secretaria de Governo. Na época, a Folha de S.Paulo revelou que parentes do então ministro atuaram em defesa do empreendimento junto ao Iphan, órgão de proteção ao patrimônio.

Também consta entre os empreendimentos do qual Geddel é sócio o Residencial Costa España, construído pela Cosbat em parceria com a OAS no bairro de Ondina, em Salvador.

Em janeiro deste ano, reportagem de "O Globo" revelou mensagens de um celular apreendido na Operação Lava Jato que mostram que Geddel atuou junto ao prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), em favor do empreendimento.

"Não esqueça daquela oportunidade para concluirmos aquela conversa sobre o Costa Espanha. Estou precisando definir aquele tema", disse Geddel em mensagem a Léo Pinheiro, sócio da OAS.

Em mensagem a outro interlocutor, Pinheiro disse: "Nosso amigo GVL (Geddel Vieira Lima) pede pata (sic) vc ligar para Luis. Teve com o baixinho (ACM Neto) e está liberado o Costa Espanha". Na época, Geddel negou que fosse sócio do empreendimento.

NA COPA DO BRASIL, SOBRAVAM PATROCINADORES; NA DA RÚSSIA, FALTAM

Uma distância tão grande quanto a de Brasil e Rússia no planeta. Esta é a diferença entre a procura de patrocinadores pela Copa do Mundo em cada um dos dois países.

Em 2014, o torneio contou com seis patrocinadores locais: Apex-Brasil, Itaú, Centauro, Liberty Seguros, Garoto e Wise Up. Quanto ao cenário mundial, foram oito: Budweiser, Johnson & Johnson, Oi, Castrol, McDonald's, Yingli Solar, Continental e Marfrig.

A situação tornou-se bem distinta para o torneio de quatro anos depois. Atualmente, só duas empresas estão ligados com tal acordo à competição. São elas a Gazprom e o Alfa Bank, que acertaram um acordo global e um regional, respectivamente, como mostra matéria do jornal The New York Times.

No programa da Fifa quanto aos patrocínios, estão previstos 20 companheiros, sendo um limite de quatro para cada uma das cinco regiões estabelecidas: Europa, América do Norte/Central, América do Sul, África/Oriente Médio e Ásia. Como apontado acima, apenas um destes 20 espaços foi preenchido.

Apesar de envolver o esporte mais popular do planeta, a Copa do Mundo acabou sentindo o impacto do escândalo de corrupção na Fifa e em confederações que veio à tona a partir de 2015, com a prisão de dirigentes como José Maria Marín, além das renúncias de Michel Platini e Joseph Blatter à presidência da Uefa e da Fifa, respectivamente.

Como aponta a matéria, desde que Gianni Infantino assumiu a presidência da entidade que rege o futebol mundial, esta só conseguiu acordos de patrocínio com empresas de Catar, Rússia e China. Vale mencionar que os dois primeiros países irão sediar as duas próximas edições da Copa.

"Isso não é surpresa que ela tenha sido e continua uma marca tóxica", afirmou ao The New York Times Patrick Nally, que auxiliou a Fifa em seu primeiro programa de patrocínio quatro décadas atrás. "A menos que você seja da China ou de algum lugar como esse, onde o fato de a Fifa estar no tribunal em Nova York e associada com corrupção não importa, nenhuma corporação irá considerar seguro estar envolvido com a Fifa".

TEMER: GOVERNO CORRE CONTRA O TEMPO PARA APROVAR TEXTO NA CÂMARA ATÉ O DIA 15


O presidente Michel Temer vai retomar a agenda de encontros individuais com deputados na esperança de conseguir votos para aprovar, ao menos, o primeiro turno da reforma da Previdência ainda este ano na Câmara. Políticos experientes alertaram que é fundamental o corpo a corpo neste momento, sem deixar a tarefa terceirizada aos líderes partidários.

Antes confiante, o próprio ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, admitiu as dificuldades com o calendário apertado. “Vamos aguardar, é muito cedo para dizer. Tem cerca de 20 dias (para o final do ano no Legislativo). É um longo tempo de discussão e votação”, disse Meirelles, afirmando que interessa a todos que o projeto seja aprovado. “O importante é que seja aprovada, a questão não é se será neste ano ou no início do ano que vem.”

Para os conselheiros políticos, nenhum líder hoje tem condições de entregar uma quantidade suficiente de votos que garantam o colchão mínimo de 320 votos para que se tenha segurança de levar a matéria para o plenário. “Hoje, temos 220 deputados que votam conosco de olhos fechados.

O problema é conseguir os outros”, reconheceu o vice-líder do governo na Câmara, Beto Mansur (PRB-SP). Ele elaborou uma lista com mais de 20 “operadores” que ficarão responsáveis por ligar para os deputados de suas bancadas estaduais para aferir os votos reais da Reforma da Previdência. A contagem será diária.

“Pensamos em fazer por partido, mas isso poderia constranger os líderes. Por estado fica melhor, cada um ligará para os aliados do governo”, disse ele. Mansur acredita que isso poderá dar uma segurança maior para que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), marque a data da votação. “Acredito ser possível votar na semana do dia 10”, sinalizou o líder governista.

EX-REPRESENTANTE DA ODEBRECHT VAI COOPERAR COM A JUSTIÇA NO PERU

A Justiça peruana retirou, nesta terça-feira (28), as acusações contra o ex-representante da Odebrecht no Peru, Jorge Barata, após ele chegar a um acordo de cooperação com o Ministério Público em um caso de corrupção que envolve o ex-presidente Alejandro Toledo.

Barata, que está em liberdade no Brasil, mas em meio a um processo judicial, será considerado um "colaborador eficaz", um benefício pelo qual poderá revelar os nomes dos funcionários que a Odebrecht subornou no Peru. O empresário não será mais acusado de conluio. "Estabelece-se a retirada de todas as medidas cautelares que pesam contra ele", disse o juiz Richard Concepción Carhuancho, durante a audiência na qual aceitou o pedido do promotor Hamilton Castro, que está investigando a Lava Jato no Peru.

A exclusão irá desativar uma série de medidas legais que afetavam Barata, como o congelamento de seus ativos imobiliários e poupanças por ordem judicial. "É uma medida positiva, porque isso permitirá que ele colabore com a Justiça e responda às perguntas dos promotores que vão interrogá-lo no Brasil, para que ele possa contar tudo que sabe sobre o suborno no Peru", disse o deputado Mauricio Mulder à imprensa.

O juiz disse que o benefício obtido por Barata não significa que ele será afastado do processo, porque ele pode voltar a ser acusado se a colaboração não der certo. O MP do Peru acusa o ex-presidente Alejandro Toledo (2001-2006) de ter recebido 20 milhões de dólares de Barata, representante da Odebrecht em Lima, para conceder a licitação para a construção da rodovia interoceânica, que liga o Peru ao Brasil. O ex-presidente, de 70 anos, nega as acusações.

MELHORA DA ECONOMIA ABRE NOVOS APETITES POLÍTICOS

Os dados de emprego e crescimento que serão publicados nesta semana devem afastar o risco de uma volta à recessão, segundo especialistas. Isso pode beneficiar os partidários das políticas de ajuste do presidente Michel Temer nas eleições do ano que vem.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai divulgar, nesta quinta-feira (30), a taxa de desemprego de outubro. Segundo a consultoria Go Associados, ela teria caído pelo sétimo mês seguido, de 12,4% para 12,1%. No primeiro trimestre do ano, tinha alcançado um recorde de 13,7%.

Na sexta-feira, é a vez de o IBGE revelar a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) no terceiro trimestre, que, segundo a estimativa média de 31 economistas consultados pela Bloomberg, vai registrar um aumento de 0,3% ante o trimestre anterior. Esse seria o terceiro trimestre seguido de expansão.

O governo apresenta os avanços, bem como o controle da inflação, como provas da retomada da confiança depois do impeachment da Dilma Rousseff no ano passado.

A recuperação é lenta e encontra empecilhos como o fraco investimento e a dificuldade do governo de aprovar a reforma da Previdência Social - demandada pelo mercado para melhorar o elevado déficit público. Marcado por inúmeras denúncias de corrupção, o cenário político tampouco ajuda.

Especialistas indicam, porém, que esses sinais de melhoria econômica podem dar um impulso às candidaturas de centro, afastadas dos dois primeiros colocados em pesquisas de intenção de voto para a presidência em 2018 o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o deputado Jair Bolsonaro (PSC).

O ex-presidente do Banco Central Carlos Langoni prevê que o desemprego ficará "abaixo dos 10% no segundo trimestre de 2018", um resultado "crítico, na antevéspera do processo eleitoral".

"Acredito no pragmatismo do eleitor brasileiro. A classe média está preocupada com custo da vida, o emprego", e "o candidato que melhor capitalizar" isso será beneficiado, acrescentou Langoni, hoje diretor do Centro de Economia Mundial da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

CANDIDATA DA ÁFRICA DO SUL VENCE O CONCURSO MISS UNIVERSO

A candidata da África do Sul venceu no domingo o concurso Miss Universo, em um evento organizado na cidade americana de Las Vegas.

Demi-Leigh Nel-Peters, de 22 anos, superou as candidatas da Colômbia e Jamaica, Laura González e Davinia Bennett.

A nova rainha da beleza, formada em Administração de Empresas, afirmou durante o evento que sua meia-irmã, que é deficiente, é uma das pessoas que mais a inspiram.

A 66ª edição do concurso, com shows de Fergie e Rachel Platten, reuniu quase 100 mulheres de todo o mundo, incluindo a participação pela primeira vez de representantes do Camboja, Laos e Nepal.

O humorista americano Steve Harvey apresentou o evento pela terceira vez. Em 2015, Harvey cometeu um grande erro ao anunciar a vitória da Miss Colômbia, quando na realidade a vencedora era a Miss Filipinas, o que provocou um momento de tensão. Demi-Leigh Nel-Peters, descreveu a Miss Universo como "uma mulher que supera muitos medos e por isto é capaz de ajudar os outros a superar seus medos também".

PARABÉNS PARA FILHA MARAVILHOSA

Filha, hoje farei uma prece a Deus
agradecendo por tudo o que você é,
e tem sido na minha vida.O dia de hoje é um dia feliz,merecedor de grande comemoração.

Me sinto feliz e realizado, você se emociona com as minhas vitórias e não faz cara feia com os deslizes que às vezes cometo.

Porque você, é conhecedora que a vida é assim mesmo, um aprendizado constante. Por ter uma filha assim como você, amiga e compreensiva, as coisas se tornam bem mais fáceis.
Fico mais tranquilo em relação ao seu
comportamento, sério e responsável.
Quero manifestar o grande carinho
que sinto por você, e falar da sua
importância em minha vida.

Talvez não fosse preciso dizer tudo isso,
mas você sabe o que sinto e o quanto é
bom poder dizer tudo isso
ao seu respeito, pois são palavras de amor,
reconhecimento e gratidão e sendo assim
nos faz um bem enorme.

Você é o meu orgulho, porque é um exemplo de pessoa íntegra, e se comporta de maneira digna em todas as áreas da sua vida. Obrigada por me entender e me aceitar como eu sou, por me ajudar sempre que eu preciso e por me abençoar com a sua ternura e docilidade! Eu nunca abandonarei você, vou estar sempre do seu lado, em cada batalha e em cada conquista.

Que todos os seus sonhos se transformem em realidade! O meu maior sonho já se realizou, que era ter uma filha tão especial como você! Feliz Aniversário, é o desejo de seu Pai que ama muito você.!

28 de novembro de 2017

GASOLINA SOBE MAIS UMA VEZ NESTA TERÇA

A gasolina vai subir mais uma vez. A Petrobrás anunciou um novo aumento nas refinarias que começa a valer já nesta terça-feira (28). Agora, a alta será de 1,8 por cento

Desde que a estatal anunciou a nova política de preços em junho deste ano, a gasolina subiu mais de 23 por cento e agora ultrapassou a média de quatro reais o litro no país.

De acordo com o levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP), em algumas cidades do Brasil a gasolina já passa de cinco reais o litro. Com a nova política de preços da Petrobrás, o preço dos combustíveis é atualizado diariamente. O último grande aumento anunciado foi no dia 23 foi com mais de cinco por cento de alta.

MAIS DA METADE DA POPULAÇÃO BRASILEIRA ESTÁ INFECTADA COM HPV

Mais da metade da população brasileira está infectada com o HPV, vírus causador do câncer de colo de útero e de outros tipos de tumor. A estimativa é de um estudo epidemiológico feito pelo Ministério da Saúde em parceria com o Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre. Os números foram divulgados nesta segunda-feira, 27.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores entrevistaram 7.586 pessoas, das quais 2.669 foram submetidas ao teste de HPV.

A partir dos exames, a prevalência estimada do vírus foi de 54,6 % da população. Deste grupo, 38,4 % apresentam tipos de HPV de alto risco para o desenvolvimento de câncer. De acordo com o ministério, é a primeira vez que um estudo estima a prevalência do vírus na população brasileira. O dado é importante, afirma a pasta, para medir o impacto da imunização daqui a alguns anos.

A vacina contra a doença está disponível para meninas de 9 a 14 anos. Neste ano, o imunizante também ficou disponível para meninos de 11 a 14 anos. Embora o imunizante seja gratuito e esteja disponível em todos os postos de saúde do País, o governo federal tem tido dificuldades de alcançar a cobertura vacinal ideal. Nos últimos anos, a taxa de adesão tem ficado em 50%.
Cidades

Ainda segundo a pesquisa, a capital com a maior taxa de prevalência de HPV é Salvador, com 71,9% da população infectada. Em seguida, aparecem Palmas (61,8%), Cuiabá (61,5%) e Macapá (61,3%).

Na outra ponta da lista, com a menor prevalência, está Recife, com índice de 41,2%. A cidade de São Paulo tem taxa de 52%, próxima do índice nacional. Já os municípios de Brasília, Campo Grande e Belo Horizonte não informaram dados suficientes para que a estimativa fosse fechada.

JOESLEY SE MANTÉM EM SILÊNCIO EM CPMI

O empresário Joesley Batista chegou nesta manhã de terça-feira, 28, ao Senado Federal escoltado pela Polícia Federal, com apoio da Polícia Legislativa.

Joesley foi convocado pela Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da JBS e pela CPI do BNDES para prestar depoimento. O empresário se mantém em silêncio desde o início da sessão.

"A orientação é de que ele invoque a garantia constitucional do silêncio", disse nesta terça o advogado Ticiano Figueiredo ao falar pelo empresário. Figueiredo esclareceu também que, assim que o Supremo Tribunal Federal (STF) rever a suspensão do acordo de delação premiada firmado entre Joesley e a Procuradoria-Geral da República (PGR), o empresário voltará a colaborar.

FIAT PALIO DEIXOU DE SER FABRICADO, DIZ SITE

Após mais de duas décadas de história, o Fiat Palio deixou de ser fabricado no Brasil e na Argentina, diz o site Autos Segredos.

De acordo com o jornalista Marlos Ney Vidal, tanto a primeira geração (ainda vendida para frotistas com as versões Palio Fire e Way) como a segunda, de 2011, saíram de linha para abrir espaço para o Argo e o Cronos.

Questionada, a Fiat negou a informação e afirmou que somente os Palio Fire e Way irão sair de linha. Ainda de acordo com a empresa, a segunda geração do Palio de fato parou de ser fabricada na Argentina por conta do Cronos (que será produzido no país vizinho), mas o hatch continua em linha no Brasil, na versão 1.0 apesar de ainda constarem no site da Fiat, as derivações 1.4 e 1.6 deixaram de ser produzidas para abrir caminho para o Argo.

Caso o término da produção se concretize, os últimos produtos remanescentes da plataforma do Palio serão a Weekend, Strada (que usam a mesma base da primeira geração do hatch) e o Grand Siena este último derivado da segunda geração do modelo. Apesar de usar uma base estrutural similar, o novo Uno tem plataforma diferente.

Este ano a Fiat já tirou de linha 7 modelos: Bravo, Linea, Siena EL, Punto, Grand Siena 1.6, Doblò Cargo e Freemont. A mudança acompanha o que a empresa chama de “Nova Fiat”, cujo destaque está em uma plataforma renovada de produtos, composta por Mobi, Argo, Cronos, Toro e, futuramente, uma nova picape compacta.

STEPAN NERCESSIAN PASSA MAL EM GRAVAÇÃO E É INTERNADO NO RIO

Em plenas gravações do filme 'Chacrinha', o ator Stepan Nercessian, que vive o papel principal, foi internado às pressas na noite desta segunda-feira (27), após passar mal no set.

A mulher do ator de 63 anos, Desireé Nercessian, declarou que o marido teve um problema de pressão alta e está se recuperando.

Stepan tem uma longa carreira na televisão, mais precisamente na Globo, onde participou de grandes sucessos como Anos Rebeldes, Mulheres de Areia, Malhação e Zorra Total. No cinema, o ator já atuou em Deus É Brasileiro e Orfeu, dentre outros. O artista viverá Chacrinha, no filme homônimo de Andrucha Waddington.

MINISTRO DO STJ NEGA LIMINAR PARA SOLTAR JORGE PICCIANI E PAULO MELO

O ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou um pedido de liminar para libertar os deputados estaduais Jorge Picciani (PMDB) e Paulo Melo (PMDB) , respectivamente presidente licenciado e ex-presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), fazendo com que os dois permaneçam presos.

Ao negar a liminar, Fischer entendeu não haver urgência para a libertação dos dois, presos preventivamente na Operação Cadeia Velha. Os habeas corpus de ambos devem agora ser enviados para manifestação do Ministério Público Federal (MPF), para serem julgados em seguida pela Quinta Turma do STJ, possivelmente em dezembro.

Picciani, Melo e o também deputado estadual Edson Albertassi (PMDB) foram presos preventivamente no último dia 16, sob a suspeita de terem recebido propinas de empresas de ônibus e de lavar o dinheiro. No dia seguinte, a Alerj reverteu a decisão judicial e votou a favor da soltura dos três.

Após a votação da Alerj, o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) entendeu, no último dia 21, que a Casa Legislativa não teria o poder de decidir pela soltura e determinou o retorno dos três à prisão, bem como o bloqueio de R$ 270 milhões, em dinheiro e bens, equivalentes ao que teriam recebido para favorecer as empresas em contratos públicos.Os três parlamentares, que entraram com pedido de licença até fevereiro, recorreram então ao STJ, cujo relator negou nesta terça-feira (28) a liminar pela soltura.

TRF4 MANTÉM BLOQUEIO DE R$ 16 MILHÕES DO EX-PRESIDENTE LULA

A Oitava Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), com sede em Porto Alegre, rejeitou um recurso da defesa de Luiz Inácio Lula da Silva para que fosse revertida a decisão do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba que, em julho, determinou um bloqueio de R$ 16 milhões em bens do ex-presidente.

O relator do caso no TRF4, desembargador João Pedro Gebran Neto, já havia rejeitado anteriormente o pedido de levantamento do bloqueio, por entender que a via escolhida para o recurso, um mandado de segurança, não era adequada. Logo em seguida, o advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, entrou com um agravo para que a questão fosse julgada pela Oitava Turma do TRF4, o que ocorreu nesta terça-feira.

O desbloqueio dos bens foi negado por unanimidade pelos três desembargadores que compõem o colegiado: além de Gebran Neto, Victor Luiz dos Santos Laus e o presidente, Leandro Paulsen. Eles entenderam que a defesa de Lula tentou pular instâncias e deveria primeiramente solicitar a liberação dos bens ao próprio Moro.

Em julho, ao determinar o bloqueio, Moro entendeu que a medida seria necessária para reparação de danos à Petrobras em razão da condenação do ex-presidente a nove anos e meio de prisão no caso do apartamento tríplex no Guarujá (SP).

Entre os recursos, além de imóveis e carros, constam R$ 606,7 mil em contas bancárias e mais de R$ 9 milhões em planos de previdência. No pedido feito ao TRF4, o advogado de Lula, Cristiano Zanin, disse que o bloqueio é ilegal e que a suspensão deve ser anulada para garantir a subsistência do ex-presidente. “O próprio juiz [Moro], ao julgar embargos de declaração opostos contra a sentença pela defesa de Lula, reconheceu que nenhum valor proveniente de contratos da Petrobras foram dirigidos ao ex-presidente”, escreveu o defensor.

27 de novembro de 2017

VERBA GASTA POR SENADORES COM JATINHOS CRESCE 40%

Mesmo com direito a uma cota de passagens aéreas por mês, senadores usam parte da verba parlamentar para pagar combustível de aviação e fretamento de jatos particulares. De janeiro a outubro deste ano, 14 senadores gastaram R$ 771,6 mil com esse tipo de despesa. No mesmo período, também usaram R$ 896,1 mil para comprar passagens com voos comerciais.

Levantamento feito pelo Estadão mostra ainda que os senadores aumentaram os gastos com jatinhos nos últimos três anos. Em diversas ocasiões, o dinheiro da Casa foi usado para bancar trajetos corriqueiros, como de Brasília ao Estado de origem do congressista.

Em 2016, as despesas do Senado com combustível de aviação, fretamento de aeronave ou táxi aéreo chegaram a R$ 1,02 milhão, o que representa um aumento de 40% desde 2014 (R$ 729,8 mil), considerando valores atualizados. Enquanto isso, o consumo de passagens em voos comerciais aumentou 31% de 2014 em relação ao ano passado e ultrapassou R$ 5 milhões.

Recordista na utilização de aviões privativos, o presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI), já consumiu quase R$ 190 mil até outubro deste ano para fretar aeronaves e adquirir combustíveis de aviação. Em 2016, ele gastou aproximadamente R$ 260 mil; no ano anterior, foram cerca de R$ 200 mil.

VIVALDO COSTA LIDERA PESQUISA DO ITEM PARA DEPUTADO ESTADUAL

A Rádio Povo FM e o Instituto Item, realizaram uma pesquisa na cidade de Caicó e na zona rural do município com objetivo de avaliar a administração pública, que tem como gestor Robinson Araújo, (Batata-PSDB),os índices de audiência das emissoras de Rádio local e a opinião do eleitorado em relação aos pré-candidatos as eleições de 2018.

Segundo o Instituto Item, Batata teve uma avaliação das piores se comparada a outras administrações anteriores. Vivaldo Costa, que já ultrapassou a marca dos 50 anos como homem público, continua reinando sem perder a majestade.

Vivaldo lidera a pesquisa para deputado, com 10% da preferência popular superando os índices Nelter Queiroz que teve apenas 6,6% e o ex-deputado Álvaro Dias, que obteve, 5,6% e do filho do deputado, Adjuto Neto, pré-candidato a deputado estadual, que somou 3,4%.

Para a Câmara Federal, Zenaide Maia, esposa do ex-prefeito de Extremos Jaime Calado, lidera a pesquisa com 14,8% das intenções de voto, Rogério Marinho, que deverá ser o candidato apoiado pelo prefeito de Caicó, está na 6ª colocação com 4,4% sendo superado pelos também candidatos a deputado federal, Walter Alves, com 9,0% filho do senador Garibaldi Filho, e Rafael Mota, que obteve 7,4%, João Maia que está na quinta colocação com 5%

Rogério Marinho que foi o relator das mudanças nas leis trabalhista acabando com direito dos trabalhadores perde também para Cicão Bandido, que na pesquisa somou,9,0%. Com apenas 4,4 por cento ele só está a frente de Fábio Faria, filho do governador Robinson Faria que teria 4,0% e Felipe Maia, filho do senador José Agripino Maia, também com 4,0%.

DEPOIS DA CNH DIGITAL, GOVERNO PLANEJA DESENVOLVER UMA VERSÃO VIRTUAL DO TÍTULO ELEITORAL

Depois da CNH Digital, os brasileiros terão a opção de utilizar a versão digital de um novo documento obrigatório, o título eleitoral.


Segundo informações da Mobile Time, o documento ficará disponível em um aplicativo dedicado, assim como a CNH Digital. E assim como a carteira, o título virtual será uma alternativa a versão impressa, que também continuará a valer.

Segundo Neri Accioly, coordenadora de campanhas e redes sociais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o projeto segue em desenvolvimento pelo TSE e Tribunais Regionais Eleitorais, mas ainda sem prazo de lançamento.

Outro documento digital que segue em discussão é o Documento de Identificação Nacional (IDN), um registro que reunirá título de eleitor, RG e CPF em um único documento. Accioly lembra que, no momento, o TSE negocia com a Receita e o Ministério do Desenvolvimento, mas que já está em estágio avançado para adotá-lo.

HOMEM INVADE REDAÇÃO DO 'JORNAL NACIONAL' E ROUBA CARTEIRA DE FUNCIONÁRIO

Na última semana, uma situação um tanto quanto inusitada marcou a redação do “Jornal Nacional”, o noticiário mais assistido atualmente na televisão aberta do país.

Segundo o jornal “O Dia”, um dos funcionários da Globo teve a sua carteira furtada enquanto trabalhava no local.

Pelas câmeras internas, os seguranças do canal conseguiram identificar o autor do crime, que seria um senhor de idade que tem deficiência em uma das pernas. O homem em questão entrou no lugar pela garagem da Globo e permaneceu na redação do programa por cerca de quatro horas sem ninguém perceber a sua presença. Após o ocorrido, a segurança nos estúdios foi reforçada.

"POLICIAL QUE NÃO MATA NÃO É POLICIAL", DIZ BOLSONARO

Com discurso mais liberal adotado nos últimos dias, o pré-candidato à Presidência e deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) não deixou as polêmicas de lado nesta segunda (27). Ele defendeu, por exemplo, a participação dos 20 policiais que estão envolvidos na morte de 356 pessoas no Rio de Janeiro.

"Policial que não mata não é policial", disse Bolsonaro em evento promovido pela revista "Veja" ao comentar reportagem publicada pelo jornal "O Globo". Segundo ele, esses policiais devem ser condecorados.

Questionado por um espectador se criaria uma "bolsa-fuzil", o pré-candidato respondeu que essa seria uma boa ideia.Quando perguntado se iria entregar metade dos ministérios aos militares, Bolsonaro ironizou. "Até pouco tempo, durante o governo PT, tínhamos ministros corruptos e guerrilheiros e ninguém falava nada", disse, arrancando risos e aplausos da plateia.

Segundo ele, o atual ministro da Defesa, Raul Jungmann, é desarmamentista, um fato que, segundo ele, é "inaceitável". "É a mesma coisa que você colocar em uma cirurgia um médico que tem nojinho de sangue".

Em relação ao fim do foro privilegiado, Bolsonaro afirmou o projeto é um "engodo" e que pretende votar a favor do privilégio aos políticos. Segundo ele, com o fim do foro, os parlamentares, ao recorrerem de seus processos em primeira instância, poderiam ganhar tempo até que se tenha uma decisão final. Sobre política externa, Bolsonaro criticou a relação do Brasil com a China dizendo que o que existe não é amizade

PREFEITO BATATA É MAL AVALIADO, SEGUNDO PESQUISA

O prefeito de Caicó-RN, Robnson Araujo ( Batata-PSDB, é um dos piores da reião do Seridó, segundo pesquisa realizada pelo instituto Item, contratada pela Rádio FM-do POVO divulgada nesta segundo feira pelo programa Gláucia Suerda e Você.

Apenas 6,6% avaliaram como ótima a gestão de Batata,19% acharam boa, 22%, disserem ser uma administração regular 14,4% disseram ser péssima e 38% dos entrevistados acham que é ruim. Esse resultado mostra que os candidatos a governador, deputados estadual e federal e senador apoiados por Batata no ano que vem, vão ter muitas dificuldades em terem seus nomes aprovados pelo eleitorado de Caicó, e devem ficar na zona de o menos votado pela população.

Na área do legislativo, o vereador melhor avaliado pela pesquisa foi o presidente da casa, Odair Diniz, que obteve um índice de 14%, segido por Mara Costa, com 11,0%- Lobão- 9,2%, Rangel-8,4%, Ivonete Dantas-7,0%, Maria Cleide- 5,6%Alisson Jakson-46,%,Diogo-3,4%, Andinho Duarte-3,3%,Rosangela de Zé Maria-3,0%, Zaque- 2,9%, os demais vereadores de Caicó, estão na faixa de 2,0% e 26, responderam não sabem ou nenhum outro nome foi citado, quando a pergunta era feita: Quais os vereadores que mais se destacaram na Câmara de Caícò.

Para o governo do estado a maior rejeição, é do atual governador, Robinson Faria, ele teve 19%, seguido de Fátima Bezerra-16,0%,o empresário de Mossoró, Tião- 12,0%,Carlos Eduardo, atual prefeito de Natal, com 10,0%, o desembargador Claudio Santos-7,0%, Fábio Dantas- 5,4%,e Clarissa Linhares- que obteve, 4,6%.Não sabem ou não quiseram responder, 26,0%.

Ainda na área política, o instituto Item perguntou: Em que você votaria hoje para o senador, a deputada federal, Zenaide Maia, surge com 28,0%, Garibaldi Filho vem logo em seguida com 21,0%, José Agripino Maia, surgem na terceira colocação com 16,0%, o ex-governador Geraldo José de Melo, vem em seguida com 9,0%, a atleta Magnólia Figueiredo-teve 5,0% e Ney Lopes- sendo o último colocado também com 5,0%, não quiseram opinar ou estão indecisos, somam 16,0%.

Para a Assembleia Legislativa, o deputado, Vivaldo Costa, continua sendo a maior lideranças de Caicó, ele aparece com 10,0%, seguido por Nelter Queiroz, com 6,6%,Álvaro Dias-5,6%,Cição Bandido-3,4%Adjuto Neto, que é filho de Álavaro Dias-3,4%,Gustavo de Carvaldo, que recebe apoio do prefeito Batata, 3,0%, Marcia Maia- 3,0%, Kelps Lima-2,4%, Franciele- 2,0%, Tiago Targino, tem 1,8%, Jacó Jácome, 1,4%, Juliane Faria, esposa do governador, Robinson Faria-1,2%, não sabem chega a margem dos 53%.

Na área da comunicação os seis programas mais ouvidos são: Manhã 95 com Yane Daniele- com 17%,Cláucia Lima, Suerda e Você-12,0%,Panorama-95,0 de Marcos Dantas, com 9,0%, Arrocha o Nó, com o Paulo Jorge-7,0%, Show do homão, da FM-do Povo, também com 07,0% e Cardoso Silva com, 5,0%, os demais programas tiveram médias abaixo de 4,0%, cerca de 19,2% por cento não quiseram opinar.

Segundo o Instituto Item, a melhor rádio de se escutar em Caicó, continua sendo a FM-95,9- ele tem 22,8% da 87,9 FM do Povo,20,8% seguida da Rural AM-11,0%, a Rádio Caicó-10,0%, Jovem Pan, antiga radio Seridó,é a penúltima colocada com, 8,5% e na lanterna está a 106 FM, do deputado Álvaro Dias-com 7,8%. 19,1% afirmaram que não escutam rádio ou não quiseram opinar.

23 de novembro de 2017

PMDB DECIDE EXPULSAR A SENADORA KÁTIA ABREU DO PARTIDO

O Conselho de Ética do PMDB decidiu, nesta quinta-feira, 23, expulsar do partido a senadora Kátia Abreu (TO). O colegiado acompanhou, por unanimidade, recomendação de parecer pelo cancelamento da filiação partidária da senadora.

O motivo é a postura crítica dela ao governo de Michel Temer e o fato de atuar de forma contrária às orientações do Palácio do Planalto no Senado. A medida será acatada de imediato pelo presidente do partido, senador Romero Jucá (RR), que elogiou a decisão por meio de nota à imprensa. "A medida demonstra nova fase de posicionamento do partido", afirmou.

Kátia Abreu ainda não se posicionou publicamente sobre o assunto, mas já deu indicações de que deve deixar a sigla. Segundo informações de sua assessoria de imprensa, a parlamentar está em missão oficial no Qatar, onde se reúne hoje com investidores árabes para apresentar o potencial agropecuário do Matopiba, região entre os Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

MORRE O VICE-PRESIDENTE DO JORNAL CORREIO BRAZILIENSE

O vice-presidente do jornal Correio Braziliense, Evaristo de Oliveira, faleceu na noite de quarta-feira (22), aos 72 anos. O empresário e contador teve um acidente vascular cerebral (AVC) e, enquanto se recuperava nesta semana, sofreu uma queda que atingiu a cabeça, precisando ser internado. Mas não resistiu.

O goiano de Luziânia, Evaristo desembarcou em Brasília, em 1965, para estudar. Aos 19 anos, viu nos classificados do Correio o seu acesso à empresa. Relação que durou 52 anos passando por funções como datilógrafo, chefe de departamento pessoal, contabilidade, diretor-gerente até, finalmente, entrar para o Condomínio Acionário do Grupo Diários Associados, no começo dos anos 1990.

Durante esse tempo estreitou a relação com a equipe do jornal, políticos entre outros nomes que lamentaram a perda de um amigo. Em 2015, foi homenageado por ocasião do aniversário de cinco décadas de atuação no Correio Braziliense.

Nesta quinta, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) decretou luto oficial de três dias na cidade. “Brasília perde uma de suas maiores figuras humanas. Eu perdi um amigo querido. Convivi com Evaristo e sempre admirei sua capacidade de trabalho, sua cordialidade, seu jeito sereno de tratar dos assuntos mais diversos e complexos sem nunca perder a tranquilidade.

Era um vizinho goiano, do Caetano em Luziânia, muito querido e respeitado. Pioneiro, ele ajudou Brasília a se consolidar como a capital de todos os brasileiros. Trabalhando no Correio Braziliense, ajudou a construir a sua história, que é a de todos nós brasilienses. Minha solidariedade e pêsames à família neste momento tão doloroso. Essa perda é irreparável. Brasília está de luto”, afirmou Rollemberg em nota oficial enviada ao jornal.

REAÇÃO DE SANDRA ANNENBERG À MATÉRIA EM QUE UM MÉDICO XINGA REPÓRTER VIRA MEME

Sandra Annenberg se chocou ao assistir uma matéria na qual um médico mandou o repórter Renner Feitoza “comer merda”, durante o “Jornal Hoje” desta quarta-feira (22).

Na reportagem, o jornalista questiona quando o oftalmologista Júlio César Leão iria operar uma paciente, que aguarda uma cirurgia de catarata há mais de um ano. Sem saber que estava sendo gravado, o médico respondeu de forma rude.

“Que dia que vou operar ela? O dia que eu quiser! Vá comer merda“, respondeu o médico, deixando a apresentadora Sandra Annenberg indignada. “Eu não ouvi o que eu ouvi, ouvi?”, perguntou a jornalista ao companheiro de bancada, Dony de Nuccio, logo após assistir à reportagem. “Por telefone, o médico Júlio César Leão negou que tenha dito o que a gente acabou de ouvir, mas você ouviu também, né, Dony? Em entrevista à TV Anhanguera, hoje de manhã, ele acabou confirmando que disse isso mesmo que a gente ouviu”, informou Sandra.

“Ele disse que se arrependeu e que vai operar a dona Cirena na semana que vem, se ela puder. Tomara que seja um arrependimento genuíno, e não decorrente da exposição que o caso ganhou”, acrescentou Dony.

MOACYR FRANCO DESABAFA SOBRE DEMISSÃO DO SBT

O ator e comediante Moacyr Franco, 81, usou o seu canal no Youtube para soltar o verbo sobre a sua demissão do SBT. De acordo com o humorista de “A Praça É Nossa”, ele recebia um salário de R$ 40 mil e considerava o valor como algo “insignificante”.

“Estou aqui para agradecer vocês pela preocupação, pela solidariedade desde que saiu a notícia que eu fui dispensado do corpo de funcionários do SBT. É verdade, eu fui demitido, sim. Em nome da economia que a estação está fazendo. Estranhei um pouquinho porque meu salário era tão insignificante, mas se é para colaborar, vamos nós. Eu ganhava R$ 40 mil no SBT, realmente é um salário de quem quer trabalhar de qualquer forma“, ironizou ele que estava na emissora há muitos anos.

Apesar do desabafo, o veterano garantiu não ter ficado magoado com a notícia. “Mas estou aqui para dizer que não tenho nada a reclamar do SBT. Muito pelo contrário, o SBT me deu muita oportunidade. Fui para lá para fazer o programa das paródias e acabou virando um grande êxito, que era uma ideia que o Silvio tinha de me aproveitar e foi excelente, fizemos muito sucesso. Torço muito para que os meus R$ 40 mil salvem a economia da emissora. Mas não tenho nada contra, volto a hora que eles quiserem. Já mandei vários projetos, continuo mandando porque acredito sempre“, afirmou Moacyr.

DEPUTADO PRESIDIÁRIO É FLAGRADO TENTANDO ENTRAR NA PAPUDA COM BISCOITO E QUEIJO NA CUECA

O deputado federal Celso Jacob (PMDB-RJ) foi flagrado no último domingo com dois pacotes de biscoito e um de queijo provolone escondidos dentro da cueca ao retornar para a Papuda, no Distrito Federal, após saída de final de semana.

Segundo a Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe), ligada à Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, a irregularidade foi identificada durante o processo de revista.

“A Vara de Execuções Penais (VEP), do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), já foi comunicada do fato. Também foi aberto um inquérito disciplinar para apurar o caso. A punição para esses casos pode chegar a 30 dias de isolamento, além da perda de benefícios, conforme decisão da VEP”, informa a nota.

A entrada de internos com qualquer objeto ou alimento no presídio sem autorização é proibida. A entrada de alimentos autorizados só é possível por meio da família, durante o período de visita. Por conta disso, o parlamentar foi levado para o setor de isolamento, onde ficará por sete dias.

A assessoria de Celso Jacob informou que ele levou os alimentos para atender recomendações médicas de se alimentar a cada três horas. Jacob foi preso no início de junho, em regime semiaberto, após ser condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por falsificação de documento público e dispensa de licitação no período em que foi prefeito de Três Rios (RJ). No fim de junho, o parlamentar recebeu autorização para deixar o presídio durante o dia para exercer seu mandato na Câmara.

ROBINHO É CONDENADO A NOVE ANOS DE PRISÃO POR VIOLÊNCIA SEXUAL

De acordo com o portal italiano Ansa, o atacante do Atlético-MG, Robinho, foi condenado pela nona seção do Tribunal de Milão, presidida por Mariolina Panasiti, a nove anos de prisão por "violência sexual em grupo".

O caso aconteceu em 22 de janeiro de 2013, quando o jogador ainda estava no Milan.

Na ocasião, ele e outras cinco pessoas foram acusadas de terem abusado sexualmente de uma garota albanesa em uma boate da capital da Lombardia.

APROVAÇÃO A HUCK É DE 60%, AFIRMA PESQUISA

O apresentador de televisão Luciano Huck, possível candidato à Presidência da República no ano que vem, teve melhora significativa de imagem nos últimos dois meses segundo a pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos.

A pesquisa Ipsos não é de intenção de voto. O que os pesquisadores dizem aos entrevistados é o seguinte: “Agora vou ler o nome de alguns políticos e gostaria de saber se o (a) senhor (a) aprova ou desaprova a maneira como eles vêm atuando no País”.

A aprovação ao nome do apresentador teve um salto de 17 pontos percentuais desde setembro passando de 43% para 60%, enquanto a desaprovação caiu de 40% para 32% no mesmo período.

Com isso, Huck passou a ser a personalidade com a melhor avaliação entre as apresentadas pelo Ipsos aos entrevistados. Todos os outros 22 nomes do Barômetro político são do mundo político ou do Judiciário.

Depois de Huck, quem aparece no ranking de aprovação é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com 43% de avaliação positiva e 56% de negativa. As taxas do líder petista estão em tendência de melhora desde junho.

Em empate técnico com Lula está o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, que embora sondado por vários partidos, nega a intenção de se candidatar. Ele tem 42% de aprovação.

Marina Silva apresentou oscilação de 36% para 35% em sua avaliação positiva nos últimos dois meses. A desaprovação subiu de 51% para 56%. O prefeito de São Paulo, João Doria, perdeu apoio na opinião pública: sua avaliação negativa subiu de 56% para 63%. A taxa de aprovação ao governador Geraldo Alckmin oscilou de 22% para 24%.

Já o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância em Curitiba, foi aprovado por 50% dos entrevistados neste mês.

22 de novembro de 2017

CÂMARA DE CAICÓ QUER ANTECIPAÇÃO DA ELEIÇÃO DA MESA DIRETORA

Apesar da atual Mesa Diretora da Câmara Municipal de Caicó, que tem como presidente o vereador Odair Diniz, ter sido eleita no último mês de janeiro, a população foi surpreendida com a notícia dada pela imprensa local de que os vereadores estão trabalhando para convocar as eleições antecipadas para o biênio 2019/2020.

Pra isso, eles vão ter que mudar as regras criadas pelos próprios vereadores na legislatura passada que proíbe a realização de eleição antecipadas.
Para que essa eleição possa acontecer, essa proposta terá que tramitar por cerca de 10 sessão, período em que o assunto hora em questão será estudando, discutindo e depois colocado em votação para ser aprovado ou não, mas certamente será.

Tanto é, que a ex-senadora e hoje vereadora Ivonete Dantas, já se articula com o objetivo de ser candidata a presidência da casa e já tem sua chapa formada e dos 15 vereadores,10 já teriam firmado compromisso em apoiar Ivonete.

O lamentável nesse caso é que enquanto a Câmara de Caicó se preocupa em antecipar eleições da mesa diretora, esquece que a população e os servidores estão vivendo um verdadeiro caos no município.

Os servidores estão sem receber seus salários e resolveram entrar em greve, os postos de saúde a população está sem médicos, medicamentos, a zona rural abandonada, o lixo tomando de conta da cidade, o comercio não vende mais a prefeitura porque não recebe, a frota de veículos na garagem pois os postos não fornecem combustível porque estão sem receber e o pior: a cidade vivendo a maior crise hídrica de sua história.

Entendo que esse não é o momento oportuno para se discutir antecipação de eleição de mesa diretora de Câmara, enquanto o mundo está desabando sobre as cabeças dos caicoesnes. Acho que o momento é oportuno para que os srs. vereadores cobrem ações concretas e soluções por parte do gestor público, Robinson Araújo (Batata), do Conselho Municipal de Saúde, e se necessários for até mesmo do poder judiciário. Algo tem que ser feito e urgente.

O Legislativo de Caicó usa de "dois pesos e duas medidas". na legislação anterior, na época, com Nildson Dantas à frente da presidência da Câmara, o mesmo procedimento foi repudiado por todo grupo. "É apenas conveniência política",isso que a Câmara quer fazer, a antecipação da eleição interna, outrora vista como inaceitável.

PREFEITURA DEVE GARANTIR O BEM-ESTAR DA POPULAÇÃO

Saúde é um dos assuntos que mais preocupa a população de Caicó nesses 11 meses da administração de Robinso Araújo (Batata-PSDB). Uma lei obriga que toda cidade invista 15% de tudo o que arrecada nessa área.

O governo federal também libera verbas para os fundos municipais de saúde. O dinheiro não pode ser usado em outra coisa que não seja o bem estar da população, e a Câmara Municipal, tem meios de fiscalizar a aplicação desses recursos. Para isso, é preciso saber o que é ou não responsabilidade da prefeitura.

Os vereadores precisam fazer um retrato do setor em questão no município de Caicó. para mostrar como anda a infraestrutura dos hospitais dos postos de saúde das farmácias básicas quem são os médicos da rede municipal de saúde , já que a população não está tendo direito a essas questões básicas de obrigação da prefeitura municipal.

A Constituição Federal de 1988 estabelece que compete aos municípios “prestar, com a cooperação técnica e financeira da União e do Estado, serviços de atendimento à saúde da população”. A norma só define as responsabilidades de cada esfera de governo.

A Lei 8.142, publicada em 1990, dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) e as transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área da saúde. O documento discutiu o controle social e o financiamento do setor, mas não deixou claro os percentuais de investimento.

A Lei 141/2011 determinou que "despesas com ações e serviços de saúde observarão o limite mínimo de 15% do orçamento municipal". As cidades também recebem verba do governo federal, que deposita na conta do Fundo Municipal de Saúde o equivalente era de R$ 17 por habitante da cidade, não sei se continua inda esse mesmo valor. O valor total é dividido em 12 parcelas. Todo mês a cidade recebe uma parcela para melhorar o atendimento do setor.

A atenção básica é obrigatória a todas as prefeituras. Ela inclui os Programas de Saúde da Família (PSFs), os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasf), atendimento com dentistas, vacinação e a vigilância à saúde, como o combate à dengue.

A cidade classificada como gestão de média complexidade deve oferecer, também, maternidades, hospitais de emergência, laboratórios para exames, como ultrassom e tomografia, e clínicas de especialidades médicas, como oftalmologia, otorrino, traumatologia, reumatologia e cardiologia

As grandes cidades são consideradas como de alta complexidade. Tem todos os serviços que já foram citados e mais centros para hemodiálise, transplantes e quimioterapia.Os postos de saúde são responsabilidade dos municípios. Em geral, a gestão plena assume hospitais e prontos-socorros. Tudo depende da negociação com o estado, observando-se a amplitude do atendimento do sistema.

Fiscalização da aplicação do dinheiro

Cada cidadão contribui com a saúde pública pagando os impostos, mas a população tem outro dever: o de fiscalizar como esse dinheiro é gasto. Essa fiscalização pode ser feita no papel de usuário dos serviços, avaliando o médico que atende ou se falta vacina no posto de saúde.As ouvidorias municipais de saúde são o canal entre o cidadão e a gestão pública. São elas que registram as solicitações, reclamações, denúncias, sugestões e elogios.

TEMER RECEBE AÉCIO E PEDE APOIO PARA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

O presidente Michel Temer recebeu no Palácio do Jaburu, residência oficial, o senador tucano Aécio Neves (MG), que é presidente licenciado do PSDB. Segundo interlocutores do presidente, ele fez um apelo pela reforma da previdência e pediu apoio do tucano na reunião de hoje, quando a legenda discute apoio à reforma da Previdência e o desembarque do governo Temer. O compromisso com Aécio não consta na agenda oficial, até o momento.

Temer se encontrará no Palácio do Planalto, com o presidente da Petrobras, Pedro Parente. O anunciado desembarque do PSDB do governo Michel Temer após a convenção que o partido realizará no dia 9 de dezembro não vai abranger os tucanos em cargos de segundo e terceiro escalões.

Interlocutores diretos do presidente descartaram veementemente uma possível saída de Parente. Segundo auxiliares de Temer, não há “nenhum horizonte” de troca no comando da estatal. Fontes do Planalto destacaram ainda que a escolha de Parente para o cargo não é fruto de nenhuma composição partidária e que ele foi escolhido por questões técnicas.

Apesar de o Planalto negar que a indicação de Parente seja do PSDB, o ex-governador Alberto Goldman, presidente interino do partido, defendeu disse que o executivo é “historicamente” ligado à sigla.

Reforma ministerial. Interlocutores do presidente negaram ainda que na conversa com Aécio o presidente discutiu uma possível saída do tucano Antonio Imbassahy da pasta da Secretaria de Governo. O cargo esta sendo cobiçado pelo PMDB, que já indicou o nome do deputado Carlos Marun para a vaga.

INTERNADA, CLAUDIA RODRIGUES ESTÁ EM ISOLAMENTO: 'ESTADO NÃO É DOS MELHORES'

Claudia Rodrigues está internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde a última quinta-feira (16). Às pressas, a humorista deu entrada no unidade após sofrer uma baixa imunidade causada pelo estouro de uma herpes zóster (bactéria da catapora).

Nesta quarta-feira e confirmada por sua empresária ao Purepeople. Em maio, a comediante já havia passado uns dias no hospital após sofrer desmaios. "A Claudia não tem previsão de alta e seu estado de saúde não é dos melhores e ela está em isolamento", afirmou, acrescentando que a atriz está lúcida e respira sem a ajuda de aparelhos.

"Ela teve uma baixa imunidade e não sabemos se teve ou não contato com alguém que estava com catapora", disse se referindo a infecção causada pelo vírus da doença. "A Claudia teve herpes zoster que ela teve estourou pelo lado de dentro e pelo lado de fora. Por isso, ela corre o risco de ficar cega.

Essa é a nossa preocupação. Não sabemos se afetou ou não o cérebro. Quando foi internada não estava falando (algo já controlado) e teve que tomar morfina porque não aguentava de dores", explicou. O tipo de herpes afetou primeiro o olho direito e, agora, o esquerdo.

A comediante estava, até então, internada em clínica no interior de São Paulo, onde iniciou dois novos tratamentos revolucionários para se curar da doença. A alta de Claudia estava prevista para dezembro, porém reagiu mal ao medicamento e o quadro de saúde piorou.

Em janeiro do ano passado, Claudia se submeteu a um transplante de células-tronco e, em seguida, passou a ser fotografada várias vezes andando com o auxílio de um andador e com uma máscara cirúrgica. Em junho passado, recebeu o diagnóstico que o transplante foi bem-sucedido. Nesse tratamento, a atriz se submetia a duas sessões de uma semana cada em clínica na cidade de São Paulo.

TRABALHADOR QUE CONTRIBUIR POR 15 ANOS RECEBERÁ 60% DO TETO DA APOSENTADORIA

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, declarou, na tarde desta quarta (22/11), que o trabalhador que contribuir para a Previdência Social por 15 anos e atingir a idade mínima de 65 anos, para homens, e de 62 anos, para mulheres, receberá 60% do teto da aposentadoria. O valor integral será pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social quando houver contribuição de 40 anos e a idade mínima.

“Então, há um incentivo para as pessoas, de fato, trabalhem um pouco mais, visando ter uma aposentadoria melhor”, afirmou Meirelles. De acordo com o chefe da pasta, o novo texto deve ter 60% dos benefícios fiscais prometidos na proposta original, que é um pouco abaixo de R$ 800 bilhões em 10 anos.

A nova regra também passa a valer para os servidores públicos, que entram na reforma. Foram retirados do texto a mudança de regra para trabalhadores rurais e o benefício de prestação continuada (BPC). Ou seja, não haverá alteração para estes temas.

CCJ DA CÂMARA APROVA FIM DO FORO PRIVILEGIADO PARA A MAIORIA DOS POLÍTICOS

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (22) proposta de emenda à Constituição que restringe o foro privilegiado na Justiça aos presidentes da República (e o vice), da Câmara, do Senado e do STF (Supremo Tribunal Federal).

Já aprovada pelo Senado, a PEC segue agora para análise de uma comissão especial, último passo antes de ficar pronta para votação no plenário da Câmara. Não há prazo para que essa tramitação seja cumprida.

A votação na Câmara ocorre na véspera da análise pelo STF de uma proposta relatada pelo ministro Luís Roberto Barroso que limita o foro apenas a políticos acusados de crimes cometidos no exercício do mandato e relacionados a ele. Quatro dos 11 ministros do STF já se manifestaram a favor desse entendimento: Barroso, Marco Aurélio, Rosa Weber e Cármen Lúcia.

Hoje autoridades têm foro privilegiado na Justiça, a depender do cargo que exercem. O presidente da República, ministros e congressistas, por exemplo, só podem ser processados criminalmente pelo STF. Governadores de Estado, pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Caso o STF decida restringir o foro, a regra permanecerá apenas para aqueles suspeitos de crimes relacionados ao mandato e que tenham sido cometidos durante seu exercício. Se a proposta em tramitação na Câmara for aprovada e promulgada, entretanto, acaba o foro privilegiado para a maioria dos políticos, que passarão a ser julgados na Justiça de primeira instância.

PSOL PEDE CASSAÇÃO DE PICCIANI, ALBERTASSI E MELO

Deputados do PSOL protocolaram, nesta quarta-feira, denúncia no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), por quebra de decoro, contra os deputados Jorge Picciani, Edson Albertassi e Paulo Melo, todos do PMDB e acusados, na operação Cadeia Velha, de receber propina de empresas de ônibus.

PSOL pede que, no final do processo, se comprovadas as acusações, que eles sejam punidos com a perda do mandato. O presidente do Conselho de Ética é o deputado Edson Albertassi, um dos alvos da denúncia do PSOL, e que está preso junto com Picciani e Paulo Melo. O PMDB deve indicar outro deputado para o cargo, já que a composição do conselho segue a proporcionalidade das bancadas na Casa.

A Mesa Diretora tem cinco dias úteis para encaminhar a denúncia ao Conselho de Ética, cujo presidente, segundo o Código de Ética da Alerj, instaurará o processo, designando relator.

PF PRENDE EX-GOVERNADORES ANTHONY GAROTINHO E ROSINHA NO RIO

Polícia Federal (PF) cumpriu na manhã desta quarta-feira mandados de prisão preventiva contra os ex-governadores do Rio Anthony Garotinho e Rosinha Garotinho, ambos do PR.

Eles são acusados, ao lado de outras seis pessoas, de integrarem uma organização criminosa que arrecadava recursos de forma ilícita com empresários com o objetivo de financiar as próprias campanhas eleitorais e a de aliados, inclusive mediante extorsão.

Rosinha foi presa em Campos, e Garotinho, no Flamengo, na zona sul do Rio. O ex-governador já deixou a PF, no Rio. Ele foi para o IML e, agora, está encarcerado numa cela no Corpo de Bombeiros do Humaitá, na zona sul do Rio.

A Vara de Execuções Penais informou que vai enviar um ofício à Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), ao delegado e aos Bombeiros para que Garotinho seja transferido para uma unidade carcerária.

A ida para um quartel do Corpo de Bombeiros foi uma decisão do delegado, diante do risco que o ex-governador poderia correr indo para o mesmo presídio onde se encontra Cabral e Picciani. Para o advogado, Carlos Azeredo, foi uma decisão de "respeitar a integridade física do ex-governador".

O ex-secretário Suledil Bernardino do governo de Rosinha também é um dos alvos da operação, que também foi preso. Há ainda um mandado de prisão contra o ex-ministro dos Transportes Antônio Carlos Rodrigues, presidente nacional do PR. A investigação aponta que ele intermediou o repasse ilícito à campanha do ex-governador em 2014.