31 de março de 2014

EXECUTIVA NACIONAL DO PSB VAI SE REUNIR COM WILMA NESTA TERÇA-FEIRA, EM BRASÍLIA

A vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, e a deputada federal Sandra Rosado vão se reunir com a executiva nacional do PSB nesta terça-feira (1).

Aos dirigentes Carlos Siqueira e Roberto Amaral, elas vão apresentar os argumentos que embasam o entendimento com o PMDB para as eleições no Rio Grande do Norte.

Segundo Carlos Siqueira, em declaração ao Estadão, a aliança de Wilma com Henrique ainda depende da chancela nacional. “Apesar da aproximação estadual com o PMDB, a aliança ainda tem de passar pela chancela da Executiva Nacional. E se isso fosse hoje, não seria aprovado”, disse ao jornal paulista.

Wilma pretende disputar o Senado na chapa do PMDB, que indicou Henrique Eduardo Alves para o governo. Sandra Rosado vai reforçar a necessidade de aliança com o PMDB na eleição suplementar em Mossoró, no dia 4 de maio. 

SERVIDORES DO IBGE MARCAM PROTESTO PARA ESTA TERÇA-FEIRA EM TODO PAÍS

Funcionários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) programaram uma manifestação para amanhã (1º) com o objetivo de chamar atenção para o corte de metade do orçamento do Ministério do Planejamento, que levou o IBGE a adiar a Contagem Populacional para 2016.

 Segundo os servidores, a contagem deveria ser feita este ano e a não realização trará problemas para o cálculo do Fundo de Participação dos Municípios (FPM)

Outra reclamação dos servidores é que quase a metade (46%) do efetivo tem mais de 31 anos de serviço e a direção recorre a contratos temporários em vez de realizar novos concursos. Esse quadro deve se agravar e a Pesquisa por Orçamento Familiar (POF) e Pesquisa Nacional por Amostragem Domiciliar (PNAD) também correm risco de não serem realizadas em 2014.

ÁLBUM DE FIGURINHAS DA COPA É LANÇADO EM SP

O álbum da Copa do Mundo virou febre entre colecionadores e apaixonados por futebol no Brasil nas últimas décadas. E chegou a hora dessa moda voltar. Isso porque foi lançado nesta segunda-feira, no Museu do Futebol, em São Paulo, o produto oficial do Mundial deste ano, que será realizado no país.

Ele terá duas versões: a tradicional, que custará RS 5,90, e estará nas bancas a partir do dia 8 de abril, e um com capa dura e material diferenciado, considerado de luxo, ao preço de R$ 24,90 - já está em pré-venda em uma rede de livrarias. 


Os envelopes terão cinco figurinhas, pelo valor de R$ 1, e poderão ser comprados a partir do dia 4. A Panini, produtora do álbum em parceria com a Fifa, fará exportação para mais de 120 países.

No Brasil, a expectativa é ter mais de oito milhões de colecionadores. Ao todo, 640 figurinhas, entre jogadores, estádios, times e símbolos, completarão as 80 páginas. O atacante Neymar é o garoto propaganda do objeto. 

DILMA SE SOLIDARIZA COM CRIADORA DE CAMPANHA CONTRA ESTUPRO

A presidenta Dilma Rousseff solidarizou-se hoje (31) com a jornalista Nana Queiroz, que foi ameaçada na internet após iniciar uma campanha nas redes sociais contra a violência contra a mulher. O protesto virtual "Não mereço ser estuprada" foi criado em resposta à pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgada na última semana, que mostrou que a maioria dos brasileiros concorda que o comportamento da mulher pode motivar o estupro.

"A jornalista Nana Queiroz se indignou com os dados da pesquisa do Ipea sobre o machismo na nossa sociedade. Por ter se manifestado nas redes contra a cultura de violência contra a mulher, a jornalista foi ameaçada de estupro. Nana Queiroz merece toda a minha solidariedade e respeito", escreveu hoje a presidenta em sua conta pessoal no Twitter.

Dilma disse ainda que "o governo e a lei" estão do lado da jornalista e de todas as mulheres ameaçadas ou vítimas de violência.

Nana Queiroz postou uma mensagem no Facebook na sexta-feira (28) com uma foto em frente ao Congresso Nacional, em que aparece sem camiseta e com a frase "Não mereço ser estuprada" escrita no corpo, convocando o protesto virtual. Várias mulheres publicaram fotos semelhantes, demonstrando indignação com a pesquisa.

DILMA: “POR 21 ANOS NOSSOS SONHOS FORAM CALADOS”

A presidente Dilma Rousseff afirmou, em discurso em Brasília, que "o dia de hoje exige que nos lembremos e contemos o que aconteceu", numa referência aos 50 anos do golpe militar de 1964.

"Devemos isso a todos que morreram e desapareceram, aos torturados e perseguidos, a suas famílias, a todos os brasileiros", disse a presidente. Dilma fez as declarações durante assinatura do contrato para construção da ponte sobre o rio Guaíba, do Rio Grande do Sul.

"Lembrar e contar faz parte de um processo muito humano, desse processo que iniciamos com as lutas do povo brasileiro, pela anistia, Constituinte, eleições diretas, crescimento com inclusão social, Comissão Nacional da Verdade, todos os processos de manifestação e democracia que temos vivido ao longo das últimas décadas. Um processo que foi construído passo a passo, durante cada um dos governos eleitos depois da ditadura", prosseguiu a presidente.

Dilma, que foi presa e torturada durante a ditadura militar, lembrou que 50 anos atrás o Brasil deixou de ser um país de instituições ativas, independentes e democráticas e que "por 21 anos, nossa liberdade, nossos sonhos foram calados", mas que graças ao esforço de todas as lideranças do passado, dos que vivem e dos que morreram, foi possível ultrapassar os anos de ditadura.

Segundo ela, o Brasil aprendeu o valor da liberdade, de Legislativo e Judiciário independentes e ativos, da liberdade de imprensa, do voto secreto, de eleger governadores, prefeitos, um exilado, um líder sindical, que foi preso várias vezes, e uma mulher também que foi prisioneira. "Aprendemos o fato de ir às ruas e mostramos um diferencial quando as pessoas foram às ruas demandar mais democracia. Aqui não houve processo de abafamento desse fato", disse.

AÉCIO DESAFIA PT: “TANTO FAZ ENFRENTAR DILMA OU LULA”

Presidenciável do PSDB semeia divisão no campo governista; "Estão dizendo por aí que eles podem trocar de candidato", disse Aécio Neves, na manhã desta segunda-feira 31, em São Paulo; "Mas tanto faz para mim enfrentar a presidente Dilma ou o ex-presidente Lula. 

O importante é derrotar esse modelo"; tucano falou em almoço no Grupo de Líderes Empresariais; governadores Geraldo Alckmin e Antonio Anastasia presentes; Aécio falou em "reestatizar a Petrobras", deixar "a inflação para o centro da meta e não no topo", reduzir número de ministérios pela metade e criar Secretaria Especial Temporária para fazer reforma tributária em seis meses após vencer; "Tenho confiança", cravou. 

O RN POSSUI ATUALMENTE 870 AGENTES, MAS DEVERIA TER 1.400

Uma das causas das fugas de presos no Rio Grande do Norte é a falta de segurança nas unidades de detenção. Atualmente, o estado possui 870 agentes penitenciários, mas deveria ter, pelo menos, 1.400. É o que mostra reportagem feita pela Inter TV Cabugi.

Hoje, no Centro de Detenção Provisória de Candelária, em Natal, apenas dois agentes penitenciários dão conta de 96 presos. Nestas condições, é preciso pedir reforço em qualquer situação de risco. “Nós temos que improvisar. Daí a gente chama a direção, que fica de sobreaviso e vem dar o suporte”, diz o agente Cláudio de Lima.

Segundo ele, neste sábado (29), o CDP ficou protegido apenas por um policial militar, já que foi preciso fazer a escolta de dois presos que tiveram de ser levados para exames de corpo de delito. “Precisamos levar dois presos para o Itep (Instituto Técnico-Científico de Polícia) e contamos com o apoio de um policial militar para levar os detentos. Neste intervalo, ficamos com apenas um PM fazendo a segurança aqui da unidade”, revelou.

De acordo com o Conselho Nacional de Políticas Criminais e Penitenciárias, o ideal é ter 1 agente penitenciário para cada 5 presos. Como o Rio Grande do Norte tem de algo em torno de 7 mil presos, deveria possuir, portanto, 1.400 agentes um déficit de 530 profissionais.


(Foto: Ricardo Araújo/G1.

FÁTIMA BEZERRA CRITICOU PMDB, PSB E PDT POR SE ALIAREM AO DEM E AO PSDB, ADVERSÁRIOS DE DILMA

Uma das protagonistas no processo eleitoral de 2014, a deputada federal e candidata ao Senado Fátima Bezerra criticou a postura dos partidos PMDB, PSB e PDT por se aliarem ao DEM e ao PSDB, adversários de Dilma Rousseff (PT). Em entrevista ao RN Acontece nesta segunda-feira (31), Fátima disse ainda que não quis fazer parte do "chapão".

"Fomos convidados para esse chapão, desde julho do ano passado e eu, de pronto, coloquei que não tinha a menor possibilidade do PT participar. A oposição a eles não é de natureza pessoal, e sim motivada por natureza política, ideológica onde sabemos que o povo do Rio Grande do Norte não ia aceitar uma chapa do PT com o DEM e PSDB opositores ferrozes a Dilma e a Michel Temer", comentou.

Fátima Bezerra falou ainda sobre a decisão nacional dos partidos - PT e PMDB - de caminharem juntos no Rio Grande do Norte e que o PMDB "de uma outra para outra tomou outra decisão", argumentou.

"O PMDB excluiu e isolou o PT e formou chapa com outros partidos. O PMDB preferiu estar ao lado do DEM e do PSDB, em detrimento em estar do lado do Partido dos Trabalhadores no Rio Grande do Norte", frisou.

A deputada federal disse achar "estranho" os partidos como o PSB e o PDT ter aderido ao chapão. "O PSB de Wilma faz oposição ao DEM e ao campo conservador desde sempre. O PDT nem se fala. Eu lamentou isso [a adesão] já que o PSB e o PDT sempre foram partidos de esquerda e participaram desse movimento ao longo desses 10 anos", disse.

Sobre o anúncio do apoio do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT) a candidatura de Henrique Alves (PMDB) ao Governo, Fátima criticou. "O PDT tem compromisso com a reeleição da presidente Dilma", justificou.

Questionada se a postura de Carlos Eduardo foi de ingratidão - já que o PT libera verbas federais e apoia a gestão de Carlos - Fátima não quis julgar como "ingrato", mas disse que contava com o apoio dele. "Gostaríamos muito do apoio do prefeito Carlos Eduardo, mas meu mandato é republicano para Natal. Penso sobre isso na questão das afinidades políticas e programáticas", garante.

O apresentador do RN Acontece, Diógenes Dantas relembrou que em 2008 as forças políticas do Rio Grande do Norte se uniram para tentar eleger Fátima Bezerra (PT) como prefeita de Natal. Sobre o assunto, Fátima disse que o PT tem legitimidade para falar do "chapão" pelo pseudo movimento de oposição.

"Os partidos querem se apresentar como de oposição e nós entendemos que não dá para caracterizar oposição já que o DEM ainda governa o RN e está na lista dos partidos aliados de Henrique", detalha.

DOZE MIL HOMENS VÃO ATUAR NAS ÁREAS DE SEGURANÇA E DEFESA PÚBLICA DURANTE A REALIZAÇÃO DA COPA DO MUNDO EM NATAL

Doze mil homens vão atuar nas áreas de segurança e defesa pública durante a realização da Copa do Mundo, em Natal. Exército, Marinha e Aeronáutica serão responsáveis por 4.700 militares enquanto a Força Nacional e todas as polícias vão às ruas com um efetivo de 6.300 policiais. 

Áreas próximas à Arena das Dunas, Fifa Fan Fest, espaço aéreo e mar terão patrulhamento específico com barreiras físicas ou linhas imaginárias. 

Trânsito sofrerá alterações horas antes do início das partidas e as ações preventivas não estarão restritas aos quatro dias de jogos. O objetivo do batalhão de 12 mil homens oriundos das Forças Armadas, policiais militares, civis, federais, rodoviários e bombeiros é um só: garantir que o evento esportivo transcorra com absoluta tranquilidade.

Entretanto, o número expressivo de militares presentes em Natal não será perceptível pela população. É o que garante o almirante Miranda ao frisar que há uma diferença entre defesa e segurança pública. “São coisas diferentes. As Forças Armadas serão responsáveis pela defesa. Já a segurança pública é responsabilidade das polícias. O ideal é que a população nem veja os militares nas ruas”, coloca.

De forma direta, as Forças Armadas só vão atuar em casos extremos, quando o efetivo policial não conseguir controlar a situação. “Teremos uma força de contingência disponível para esses casos. Mas esses homens vão às ruas apenas se a governadora solicitar e a presidenta autorizar”, afirma almirante Miranda.

INSS DEPOSITA BENEFÍCIOS NESTA TERÇA (1º)

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) inicia os depósitos da folha de março para quem recebe acima do mínimo a partir desta terça-feira (1º). 

Na data, será liberado o pagamento para os segurados que possuem cartão com final 1 e 6, desconsiderando-se o dígito. 

Os segurados que recebem até o piso previdenciário- um salário mínimo e possuem cartão final 6 também podem sacar o benefício nesta terça-feira. A folha de março vai pagar mais de 31 milhões de benefícios em todo o País transferindo mais e R$ 29 bilhões para economias dos municípios brasileiros.

Cronograma

Os segurados do INSS podem acompanhar o calendário de pagamentos de 2014 pelo site da Previdência Social. Basta acessar o ícone “Tabela de Pagamento de Benefícios de2014”e seguir as datas de depósito. Cartazes com o cronograma também foram distribuídos à rede bancária e às Agências de Previdência Social. 

EMPARN REGISTRA CHUVA EM 112 DOS 197 POSTOS DE MONITORAMENTO DO ESTADO NO FIM DE SEMANA

Conforme previsão da Gerência de Metrologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), no fim de semana de 28 a 31 de março (7h da manhã da sexta até as 7h da manhã de hoje) foram registradas chuvas em todas as regiões do Estado. 

A maior precipitação aconteceu em Itaú, na região Oeste, com 97 milímetros. O Boletim Pluviométrico registrou chuvas em 112 dos 197 postos de monitoramento.

No Oeste choveu forte ainda em Portalegre (70 mm); Janduís (69,4 mm); Major Sales (69 mm); Martins (68 mm); Umarizal (67mm); Vicosa (63,9mm); Porto do Mangue (60,6mm) e Parana (58,5mm). Choveu ainda em Tabuleiro Grande, Apodi, Tenente Ananias e Mossoró, entre outros municípios.

Na região do Seridó com os municípios da região Central, choveu em Ipueira (71mm); Jardim do Seridó (64,3mm); Florania (44,5mm); São José do Seridó (42,3mm) e Santana do Matos (42mm). Choveu também em Caicó, Santana do Seridó, Tenente Laurentino Cruz, São João do Sabugi, Cruzeta, São José do Seridó, São Fernando, Acari, entre outros municípios.

Na região Agreste/Leste, chuvas foram registradas em Ielmo Marinho (53,4 mm); João Câmara (51,9mm); Boa Saude (44,3mm); entre outros municípios, como Santo Antonio, Lagoa de Velhos, Japi, Monte das Gameleiras, Serrinha, Vera Cruz, Coronel Ezequiel, Barcelona, Natal, Passa e Fica. Choveu ainda em Ceará-Mirim, Nisia Floresta, Pedra Grande, Montanhas e Canguaretama.

O mapa com as precipitações acumuladas até o final de março de 2014 confirma a ocorrência de chuvas na categoria da normalidade para o Rio Grande do Norte (60 postos) e com alguns destaques para os municípios que apresentam a condição de chuvoso (21 postos) no acumulado até hoje.
Fonte, Emparn 

50 ANOS DO GOLPE: A AÇÃO MILITAR QUE MERGULHOU O PAÍS EM 21 ANOS DE DITADURA

O golpe militar de 1964, que completa 50 anos nesta segunda-feira (31), marcou o início de um dos capítulos mais tristes da história do Brasil. Os 21 anos do regime foram pontuados pelo desrespeito dos direitos constitucionais, censura, perseguição política e repressão.

Enquanto nos vizinhos latino-americanos vários processos foram realizados para punir os responsáveis pelos regimes ditatoriais, no Brasil, cinco décadas após a tomada do poder pelos militares, as vítimas ainda esperam justiça.

Com os 50 anos do golpe, volta à tona o debate sobre a punição dos responsáveis pelos crimes cometidos durante os anos de regime militar no Brasil. Mesmo se há provas de que milhares de brasileiros e brasileiras foram presos, interrogados, torturados, e que muitos deles não sobreviveram aos métodos aplicados durante a ditadura, as vítimas contestam a falta de ações concretas para julgar e punir os culpados.

Comissão Nacional da Verdade

A criação da Comissão Nacional da Verdade (CNV), em 2012, chegou a ser vista por muitos como o início da tão esperada justiça. O dispositivo, que visa apurar os delitos ocorridos entre 1946 e 1988, tinha tudo para desembocar em processos e punições, mas o caminho ainda é longo. “A CNV tem cumprido um papel fundamental de permitir que a população conheça o que foram as violações de Direitos Humanos que aconteceram durante o regime e qual foi a extensão desses crimes. Isso pode criar um movimento para que essas violações sejam enfrentadas pelo judiciário, que é algo que não aconteceu até o momento. As pessoas desconhecem o que aconteceu pela combinação da censura com a falta de abertura de arquivos.

29 de março de 2014

GRANDE NATAL REGISTRA MAIS DE 64% DOS ASSASSINATOS

Em 86 dias do ano, o RN já atinge a marca de 402 crimes violentos letais intencionais, até às 8 horas de ontem, numa média de 4,67 pessoas assassinadas por dia. Os dados foram apresentados pelo presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos e Cidadania, Marcos Dionísio Caldas, durante audiência pública sobre a violência na Assembleia Legislativa. O CEDH aponta que do total, 64,3% dos assassinatos, ou seja, 246 mortes ocorreram na Região Metropolitana de Natal (RMN) entre janeiro e março de 2014.

O consultor na área de segurança pública, Ivenio Hermes, disse que neste primeiro trimestre do ano só não houve assassinatos em dois municípios da Grande Natal: Vera Cruz e  Monte Alegre. “A violência começa na falta de politicas públicas de segurança, como o efetivo mínimo de policiais”, disse Ivênio Hermes. Ele ressaltou que Mossoró, com 31 homicídios, é o único município do Estado fora da RMN a constar da lista dos 10 municípios com maior número de homicídios. Segundo o consultor, a região mais problemática é a Leste, onde se inclui Natal, que tem a Zona Norte como a região da cidade com maior número de assassinatos.

“O bairro Nossa Senhora da Apresentação tem um índice de 20 homicídios por 100 mil habitantes, próximo da marca nacional de 25,4 assassinatos por 100 mil/hab”, destacou ele. A marca também é alcançada, na Zona Sul da capital, no Pitimbu.

Outro dado preocupante, informou, é quanto aos homicídios de adolescentes e de pessoas que são assassinadas antes de completarem 21 anos. “Os jovens estão sofrendo um verdadeiro genocídio. Os números que apresentamos não representam o todo que queremos  mostrar, mas já é uma pequena  amostragem de que está aumentando no Estado as mortes de adolescentes e precisamos pensar em execução de políticas e estabelecer meios de combater essa forma de violência homicida no Estado”, concluiu.

Durante a discussão na Assembléia Legislativa, o titular da Sesed se comprometeu a ir ao plenário do Legislativo, mas disse só o faria a partir da segunda semana de abril, porque na próxima semana aguarda a vinda a Natal do Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para discutir implementação das ações de segurança para a Copa do Mundo e do programa “Brasil Mais Seguro”.

SECRETÁRIO DE SEGURANÇA TROCA DIRETORES DE QUATRO PRESÍDIOS DO RN

O secretário de segurança do Rio Grande do Norte, general de exército Elieser Girão, trocou os diretores dos presídios estaduais de Natal e também de alguns do interior do Estado.

Em Natal, o diretor do Complexo Penal Dr. João Chaves, foi substituído por Hindiane Saiure Araújo de Medeiros. A Penitenciária Estadual de Parnamirim sai o direitor Robson Gomes e entra Francisco Araújo.

No caso do Complexo Penal dr. Mário Negócio, de Mossoró, e a Cadeia Pública de Caraúba, o secretário Elieser Girão apenas trocou os direitores. O direitor Humberto Hermógenes Pimenta, da PAMN, vai dirigir a Cadeia Pública de Caraubas, e o diretor da Cadeia Pública de Caraúbas, Elyause Moreira da Silva Junior, assume a PAMN.

AÉCIO E CAMPOS COORDENAM ATAQUES A DILMA

Os presidenciáveis Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) vão utilizar o caso envolvendo a compra da refinaria de Pasadena pela Petrobras na propaganda partidária no rádio e na TV para desgastar a presidente Dilma Rousseff. As peças começam a ser veiculadas neste sábado (29) e ficam no ar por 15 dias consecutivos devido a um acordo que envolveu troca de datas de veiculação com o PSC e com o DEM.

Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo (aqui), a ideia do tucano e do socialista é fazer chegar o caso ao grande público e tentar colar as suspeitas na presidente, além de vender a ideia de que há um descontrole geral no governo federal, descontruindo a imagem de boa gestora de Dilma.

As propagandas do PSB terminam no dia 5 de abril. No dia 8 do mesmo mês, começam as do PSDB,que acabou convencendo o PSC a trocar o espaço para garantir a exposição conjunta ao partido de Campos.

No dia 17 de abril, para coroar a sessão de tortura, entra no ar o programa nacional do PSDB. A data também foi cedida pelo aliado DEM para garantir duas semanas de espaço aos oposicionistas. O espaço nas propagandas faz parte de uma ação coordenada que instou a oposição a acelerar o pedido de criação da CPI no Senado.

A oposição concentra todos seus esforços para promover um arrastão anti-Dilma se apoiando nas denúncias relacionadas à estatal. Já o Planato tenta, até a semana que vem, convencer aliados a retirarem assinaturas de apoio à CPI.

O contra-ataque dos governistas vem com a intenção de incluir na CPI o cartel do Metrô de São Paulo e o porto de Suape, temas que desgastam Aécio e Campos. Se i deia n]ao tiver apoio regimental, a base deve encaminhar pedidos de criação de uma CPI específica para investigar o cartel do Metrô e o porto de Suape.

DILMA: "NÃO NOS ABALAM JULGAMENTOS APRESSADOS"

A presidente Dilma Rousseff afirmou neste sábado (29), durante sessão inaugural da Reunião Anual da Assembleia de Governadores do BID, que acontece na Costa do Sauípe, na Bahia, que "a realidade desmentirá julgamentos apressados e conclusões precipitadas sobre a economia brasileira"; numa espécie de resposta ao rebaixamento da nota do Brasil pela agência de risco Standard & Poor's; "Todos sabemos que, em economia, a realidade sempre se impõe. Em alguns momentos, expectativas, especulações, avaliações subjetivas e até mesmo interesses políticos podem obscurecer a visão objetiva dos fatos", afirmou.

A presidente disse também que "o que importa" é continuar agindo para o país no rumo certo. "Sem abdicar do nosso compromisso fundamental com a solidez da economia e com a inclusão e o desenvolvimento social e ambiental do país", frisou.

No discurso, a presidenta disse que as reservas internacionais estão em mais de 370 bilhões de dólares, o que proporciona um lastro confortável e seguro para enfrentar qualquer volatilidade, e que nos últimos 12 meses o país recebeu mais de 65,8 bilhões de dólares em investimentos estrangeiros diretos.

“Em 2014, faremos novas concessões, ampliando ainda mais nossa parceria com o setor privado em investimentos em infraestrutura logística e energia e infraestrutura urbana. O Brasil tem ainda inúmeros desafios para enfrentar e superar e haverá sempre novos obstáculos a serem removidos. Podemos, contudo, nos orgulhar de ter construído um caminho para o desenvolvimento, o que nos permite dizer, que o Brasil vai muito bem, e irá ainda melhor”.

A presidenta afirmou que o Brasil se tornou um país menos desigual, mais inclusivo, gerador de empregos e de oportunidades para os cidadãos.

PMDB LANÇA HENRIQUE ALVES PRÉ-CANDIDATO AO GOVERNO DO RN COM WILMA PARA O SENADO

O anúncio do deputado federal Henrique Eduardo Alves como pré-candidato ao Governo pelo PMDB e Wilma de Faria como pré-candidata ao Senado reuniu lideranças políticas nacionais e locais e chamou atenção pela dimensão.

O deputado federal Henrique Eduardo Alves enalteceu que era a união para o reerguimento do Estado. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta (PROS), definiu como mutirão.

A vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, pré-candidata ao Senado pelo PSB, conclamou os partidos da aliança a promoverem esse “novo momento” no Estado. O prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), chamou atenção para a importância dessa união.

O ex-senador Geraldo Melo, presidente de honra do PMDB estadual, foi o primeiro a falar. O ministro da Previdência Garibaldi Filho (PMDB) lembrou que aquele era apenas um encontro para o lançamento de uma pré-candidatura, mas a confirmação virá com a convenção estadual do partido.

Foi Garibaldi Filho quem anunciou, oficialmente, o nome do deputado federal João Maia (PR) como candidato a vice-governador. Em pronunciamento do deputado Henrique Eduardo Alves afirmou: “O Rio Grande do Norte está quebrado, falido e é desrespeitado”. Eu vou mudar essa história.

“O GOLPE DE 64 DESTRUIU A MINHA FAMÍLIA” DIZ THEREZA GOULART

Aos 73 anos, Maria Thereza Goulart, viúva do ex-presidente João Goulart, revela à revista Istoé detalhes dos dias que antecederam o golpe militar, fala da vida do casal e lembra da angústia dos anos de exílio: "Nós saímos daqui correndo, deixamos tudo para trás. A gente passou a viver com sofrimento"; Maria Thereza se casou com Jango aos 17 anos e foi a primeira-dama mais jovem que o País já teve; após a morte do marido, na Argentina, em 1976, demorou alguns anos para voltar a viver no Brasil e escolheu o Rio de Janeiro, onde ainda mora, perto da família, para passar o resto de seus dias; apesar de tudo, se declara feliz.

Primeira-dama mais jovem que o Brasil já teve, eleita entre as 10 mulheres mais bonitas do mundo pela revista "Time" à época, Maria Thereza Goulart, hoje aos 73 anos, traz consigo as marcas do golpe de 1964 que depôs o marido João Goulart. Em entrevista à revista Istoé, no Rio, onde mora, ela quebra o silêncio e relata os momentos de extrema tensão vividos às vésperas da chegada dos militares ao poder. “Para mim foi tudo muito tenso.

O golpe de 64 destruiu a minha família. Tivemos que sair correndo, deixar nossa vida, tudo nosso para trás. Destruiu porque tirou tudo da gente. A gente passou a viver com sofrimento”, disse à revista Istoé. Ela lembra que teve de sair às pressas da país com Jango e os dois filhos para o exílio no Uruguai. Muito assediada por jornalistas, Maria Thereza evita a lembrança daqueles dias de terror: "Não gosto de ficar falando das tristezas do passado." Apesar disso, defende os trabalhos da Comissão Nacional da Verdade. 


Sobre a exumação do cadáver de Jango, diz que a análise dos restos mortais poderá ajudar a tirar uma dúvida da cabeça. "A gente vai sair desse estado de incerteza, questionamentos, espero embora ache difícil depois de tantos anos. Fui contra isso durante muito tempo. Não queria porque sabia que seria muito doloroso, como de fato foi. Desabei naquele momento, perto do caixão de Jango de novo."
Créditos da reportagem: Eliane Lobato.

REVISTA VEJA DESTE FIM DE SEMANA, IRONIZA A PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF

Revista ironiza o fato de a Bovespa ter subido no mesmo dia em que uma pesquisa Ibope apontou queda nos índices de aprovação à presidente; para a revista, a despeito do pleno emprego e de mais de US$ 350 bilhões em reservas internacionais, a presidente Dilma ainda precisa mostrar aos investidores que é confiável; será que precisa mesmo?

A edição de Veja deste fim de semana, mais uma vez, ironiza a presidente Dilma Rousseff. Na capa, como numa gangorra, enquanto ela desce, as ações das estatais, especialmente da Petrobras, disparam. Segundo a revista, Dílma é o símbolo da desconfiança, enquanto os opositores Aécio Neves e Eduardo Campos representam a esperança.

Na reportagem "A Petrobras desceu a rampa", de Robson Bonin e Malu Gaspar, a revista afirma que a empresa "se tornou símbolo da má gestão da presidente". No texto, a torcida pela oposição. "Aécio Neves nunca teve tanta visibilidade eleitoral como agora, momento em que articula a CPI da Petrobras. O rebaixamento da nota de crédito do Brasil e os descalabros da Petrobras animaram Eduardo Campos", diz ele. Eduardo teria dito até que vai ganhar as eleições – "e se Dilma continuar ajudando, no primeiro turno".

No editorial de Eurípedes Alcântara, Veja chega ao disparate de cobrar da presidente Dilma Rousseff, que governa um país em pleno emprego e com mais de US$ 350 bilhões em reservas, uma nova Carta ao Povo Brasileiro, como o ex-presidente Lula fez em 2002. "A hostilidade ao mercado inibe investimentos, empobrece o país e diminui a oferta de empregos de qualidade", diz o editorialista, que parece desconhecer que a taxa de desemprego de fevereiro passado, de 5,1%, foi a menor da história.

"Em se mantendo esse humor, não é improvável que Dilma se veja na contingência de divulgar sua Carta ao Povo Brasileiro. Desta vez, não com o objetivo de reafirmar a continuidade, mas para se comprometer com a mudança radical de rumo na sua política econômica", diz a revista. Nesta semana que passou, Guido Mantega se tornou o mais longevo ministro da Fazenda da história democrática do País. Ao que tudo indica, ainda vai longe. 

28 de março de 2014

DILMA ANUNCIA MUDANÇA EM MAIS DOIS MINISTÉRIOS

A presidenta Dilma Rousseff anunciou hoje (28) mais uma etapa da reforma ministerial iniciada em janeiro, com troca de comando em duas pastas do governo: Secretaria de Relações Institucionais e Secretaria de Direitos Humanos.

Ricardo Berzoini vai assumir a Secretaria de Relações Institucionais, até então ocupada por Ideli Salvatti, que deixa a pasta para comandar a Secretaria de Direitos Humanos. A atual ministra, Maria do Rosário, deixa o governo para concorrer às eleições de outubro. A posse dos novos ministros está marcada para terça-feira (1), às 11h, no Palácio do Planalto.

As mudanças foram confirmadas por meio de nota divulgada pela Secretaria de Comunicação Social. "A presidenta agradeceu a dedicação, competência e lealdade de Maria do Rosário ao longo de seu governo e tem certeza de que ela continuará dando sua contribuição ao país", diz o texto.

Desde janeiro, Dilma fez mudanças nos comandos da Casa Civil e dos ministérios da Educação, da Saúde, da Secretaria de Comunicação Social, da Agricultura, do Desenvolvimento Agrário, das Cidades, do Turismo, da Pesca e Aquicultura e da Ciência, Tecnologia e Inovação. Em fevereiro, a presidenta trocou o comando da pasta do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Já os ministros interinos da Integração Nacional e de Portos assumiram depois que o PSB entregou seus cargos ao governo em outubro de 2013.

LULA ALERTA: "É PRECISO GARANTIR A DEMOCRACIA"

Em vídeo gravado para relembrar os 50 anos do golpe militar, ex-presidente passa a mensagem de que "este país será o que queremos se conseguirmos garantir a democracia"; o político que, em 1979, falou diante de 160 mil operários no Estádio da Vila Euclides, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, reforçou hoje que, cinco décadas depois do golpe, "o momento não é de desanimar, mas de participar e de lutar"; segundo Lula, "a democracia não é nenhum pacto de silêncio, é a sociedade em movimento buscando novas conquistas." 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva gravou um vídeo sobre os 50 anos do golpe militar no Brasil. Em sua mensagem, ele lembra que que aquele momento histórico "suspendeu nosso regime democrático, revogou liberdades essenciais, prendeu milhares de militantes políticos e fez com que outros tantos tivessem que sair do país".

Lula ressalta que as lembranças da ditadura devem servir para valorizarmos "ainda mais o período democrático que o Brasil vive hoje". Apenas em períodos de democracia "trabalhadores, mulheres, todos os segmentos sociais podem chegar ao poder pois têm o pleno direito de expressão e manifestação", afirma o ex-presidente.

O direito à livre manifestação é enfatizado por Lula, que ressalta a importância da participação popular na democracia: "Apenas em uma democracia o povo pode ir às ruas reivindicar seus direitos pois a democracia não é nenhum pacto de silêncio, é a sociedade em movimento buscando novas conquistas".

"Devemos sim lembrar nosso passado, lamentar o período sombrio pelo qual passamos, mas sobretudo lutar a cada dia para ampliar a nossa democracia, incluindo cada vez mais gente e fazendo com que nosso sistema político represente cada vez melhor o povo brasileiro. (...) Este país será o país que queremos se conseguirmos garantir a democracia", finaliza.

WILMA DE FARIA SE REÚNE COM EDUARDO CAMPOS

A vice-prefeita de Natal Wilma de Faria se reuniu na tarde de ontem com o governador de Pernambuco Eduardo Campos, presidente nacional do PSB. 

O encontro, testemunhado pelas deputadas estaduais Márcia Maia, Larissa Rosado e pelo deputado Tomba Farias, além da deputada federal Sandra Rosado, durou mais de três horas.

No entanto, todos os envolvidos no encontro evitaram contato com a imprensa. Embora os contatos via telefone tenham sido insistentes, nenhum dos políticos do PSB potiguar atenderam às chamadas. 


A vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, por volta das 20h30, telefonou ao deputado federal Henrique Eduardo Alves e marcou uma reunião com o mesmo. Questionada sobre o encontro. a assessoria do presidente nacional do PSB confirmou o encontro, mas disse que foi reservado e não poderia ser divulgada “nenhuma informação” sobre o teor do assunto discutido.

POLÍCIA DE MOSSORÓ INDICIA A IRMÃ DA GOVERNADORA ROSALBA CIARLINI

A Polícia Civil de Mossoró indiciou a ex-deputada Ruth Ciarlini, irmã da governadora Rosalba Ciarlini, o médico Eider Barreto de Medeiros, diretor do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), e mais 11 servidores por crimes de estelionato qualificado, falsidade ideológica e peculato culposo. 

O inquérito é fruto de apreensão iniciada em setembro de 2013, após denúncia nas redes sociais. Na época, mediante decisão judicial, os policiais recolheram documentos do setor de recursos humanos do HRTM.

A investigação foi conduzida pelos delegados Fábio Montanha, da 1ª DP de Mossoró, Nivaldo Floripes Batista, da 2ª DP, e José Vieira, da Delegacia de Defraudações. De acordo com as investigações, o processo fraudulento se baseava no ganho de plantões eventuais sem realmente realizar trabalhos no HRTM. A bonificação tinha caráter especial e deveria ser paga para quem de fato ficasse além do expediente normal de serviço, completando escala.

Os desvios de recursos públicos eram realizados através de fraude na folha de pagamento da unidade. Cada profissional do hospital possuía o direito de receber até quatro plantões eventuais por mês, entretanto, a bonificação era destinada a pessoas que não realizaram trabalhos extras.

De acordo com as investigações, Eider Medeiros recebia carga máxima de plantões. O diretor foi indiciado por peculato culposo, pois, tinha conhecimento da prática irregular e deu continuidade à fraude. Ruth Ciarlini responderá por estelionato qualificado e falsidade ideológica.

LAVOISIER E JOSÉ AGRIPINO RECEBEM R$ 11 MIL POR MÊS DA PENSÃO VITALÍCIA DE EX-GOVERNADORES

O Ministério Público Estadual, através da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, ajuízou “Ação Civil Pública com Pedido de Obrigação de Não Fazer” para obrigar o Estado do Rio Grande do Norte a sustar o pagamento de pensão vitalícia aos ex-governadores Lavoisier Maia Sobrinho e José Agripino Maia. A pensão vitalícia paga a cada um dos ex-governadores é de R$ 11 mil. 

Em março de 2011, a partir de representação apresentada pela 44ª Promotoria de Justiça de Natal, a Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Natal instaurou o Inquérito Civil nº 012/11 com o objetivo de averiguar a legalidade e a compatibilidade com a Constituição das aposentadorias e pensões especiais recebidas por ex-governadores e seus dependentes no Estado do Rio Grande do Norte.

INEXISTÊNCIA DE PROCESSO

Durante a fase do inquérito civil, a Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Natal pediu informações ao Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Rio Grande do Norte – IPERN, à Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos do Rio Grande do Norte – SEARH, à Casa Civil e ao Tribunal de Contas do Estado cópias dos processos administrativos instaurados para fins de registro das pensões especiais, bem como dos atos administrativos que concederam as referidas pensões. Em nenhum desses órgãos havia qualquer documento.

Através do Ofício nº 1859/2011, o então Chefe da Casa Civil do Governo, Paulo de Tarso Fernandes, assim se manifestou: “Lamentavelmente, não nos foi possível localizar qualquer processo administrativo culminando com a concessão do benefício, levando-nos a aventar a possibilidade de uma concessão automática, a partir da autorização constitucional acima referida, haja vista a redação do art. 175, da Constituição Estadual de 1974, que determina a concessão cessada a investidura no cargo de Governador.”

Na petição, os promotores afirmam que a concessão automática da pensão “é corroborada durante todo o trâmite do inquérito, em que todas as tentativas ministeriais de ter acesso ao procedimento ou ato administrativo concessivo da “pensão eletiva” restaram frustradas. Ao fim, o Tribunal de Contas do Estado ponderou que inexiste naquela Corte cópias dos processos administrativos instaurados para fins de registro, bem como as cópias dos atos administrativos concessivos da pensão eletiva.”

EMPARN REGISTRA CHUVAS EM 14 MUNICÍPIOS DO RN NAS ÚLTIMAS 24H

Entre às 7 horas dessa quinta-feira (27) e às 7h desta sexta (28), o Boletim Pluviométrico da Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), registra chuvas em apenas 14 localidades do Rio Grande do Norte.

Na região Oeste choveu apenas em Campo Grande, com 4,3 milímetros (mm). No Seridó, choveu em Cruzeta (22mm); Parelhas (13,2mm) e, ainda, em São Jose do Seridó, Jardim do Seridó e em Caicó (Açude Itans).

No Agreste e Leste do Estado foram registradas chuvas principalmente em Parnamirim (20,6mm), além de Natal, Canguaretama, Baia Formosa, Pureza, Senador Georgino Avelino e Extremoz.

A meteorologia da EMPARN destaca que “aumentam as condições de instabilidades devido à presença da Zona de Convergência Intertropical”. Com isso, prevê o “Final de semana com céu parcialmente nublado e ocorrência de chuvas em todas as regiões do Estado devido as instabilidades associadas a presença da Zona de Convergência Intertropical”.

Fim de semana

A previsão da Emparn para o final de semana é de céu parcialmente nublado e ocorrência de chuvas em todas as regiões do estado devido as instabilidades associadas a presença da Zona de Convergência Intertropical.

Com informações da Assessoria da Emparn.

DECISÃO TSE PODE IMPEDIR QUE SANDRA E LARISSA ROSADO CONCORRAM A ELEIÇÃO SUPLEMENTAR EM MOSSORÓ

O Tribunal Superior Eleitoral, à unanimidade de votos do Pleno, manteve sentença condenatória contra a deputada estadual Larissa Rosado e também contra a deputada federal Sandra Rosado, ambas do PSB, por propaganda eleitoral fora do tempo permitido no rádio.

Os processos (recursos) julgados na noite desta quinta-feira, 27, pelos ministros do TSE foram os de número 16.564 e 18.033, gerados a partir do uso da Rede Resistência de Comunicação pelas deputadas Larissa e Sandra Rosado em período não permitido por lei.

A relatora dos processos foi a ministra Luciana Lóssio e os demais ministros seguiram o seu voto nos dois processos. Com a decisão, se confirma, em tese, a decisão do juiz de primeira instância da 33ª Zona Eleitoral de Mossoró, condenando-as.

Uma das implicações imposta pela sentença contra as deputadas do PSB é que Larissa Rosado, por exemplo, terá dificuldades para conseguir na Justiça Eleitoral o registro de candidatura para concorrer a eleição suplementar, prevista para o dia 4 de maio, em Mossoró.

EM ASSEMBLEIA, POLICIAIS CIVIS DO RN DECIDIRAM SUSPENDER PARALISAÇÃO

Os serviços do Instituto Ténico-Científico de Polícia (Itep) e das Delegacias de Plantão de Natal foram totalmente suspensos na noite desta quinta-feira (27), no segundo dos dois dias de paralisação das categorias.

O atendimento volta ao normal hoje (28), mas o estado de greve está mantido. De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis e do servidores do Itep (Sinpol/RN), um prazo de dez dias será dado para que o Governo do Estado encaminhe o projeto que cria o estatuto do Itep à Assembleia Legislativa do RN.

Os servidores também querem que a direção do instituto organize as escalas dos plantonistas. Eles estariam cumprindo apenas seis horas, quando a escala é de 12. “Se houver qualquer ameaça de corte de ponto, não esperamos o prazo e paramos no dia seguinte”, afirmou o presidente do sindicato, Djair Oliveira. Reivindicações
O principal motivo de greve é o estatuto do Itep. De acordo com Djair Oliveira, uma comissão foi criada em 2009 para criar o documento. Em 2010, o projeto foi encaminhado para o Gabinete Civil e, desde então, ainda estaria lá. “Duas minutas foram apresentadas em 2012 e a categoria aprovou. Depois disso, nada, dizem que está tramitando”, explica.

O projeto definirá a organização do instituto, os cargos, funções, planos salariais e gratificações, horário de trabalho, entre outros pontos. “Vai propiciar, por exemplo, o cargo de papiloscopista. Até hoje, não existe especialista na leitura e confrontação digital no Estado. Sem perícia a investigação é amadora”, afirma Djair. 

CHUVAS QUE CAÍRAM NO RN ESTÃO ABAIXO DA MÉDIA

A quadra chuvosa está chegando à metade neste fim de março, mas a disponibilidade de recursos hídricos para o consumo humano e restabelecimento da economia agrícola do Estado continua preocupante. De acordo com a “Análise das Chuvas Acumuladas” no primeiro trimestre de 2014, da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), o comportamento da estação invernosa é de “muito seco” em 150 e “seco” em dois dos 167 municípios do Rio Grande do Norte. Outros 15 municípios estão sem informação, segundo a Emparn.

No entanto, o chefe do Setor de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot, diz que é importante se fazer uma avaliação do comportamento das chuvas mês a mês, porque o volume de chuvas que caiu, realmente, está abaixo da média que anualmente chove na região semiárida.

Quando se analisa o volume de chuvas acumulado nos três primeiros meses do ano, os dados da Emparn mostram que também não há muita alteração do quadro chuvoso. Em janeiro, por exemplo, havia chovido normalmente em 44 municípios potiguares, número que subiu para 77 em fevereiro e caiu para 60 em março.

Comportamento das chuvas
Situação no 1º trimestre deste ano


Janeiro
Muito seco – 51 municípios
Seco – 41 municípios
Normal – 26 municípios
Chuvoso – 18 municípios


Fevereiro
Muito seco – 33 municípios
Seco – 41 municípios
Normal – 66 municípios
Chuvoso – 11 municípios


Março
Muito seco – 57 municípios
Seco – 34 municípios
Normal – 52 municípios
Chuvoso – 8 municípios


15
municípios não têm
informações


Fonte - Emparn 

PMDB LANÇA PRÉ-CANDIDATURA DE HENRIQUE AO GOVERNO DO RN NESTA SEXTA-FEIRA

O PMDB fará uma reunião hoje em Natal, durante a qual deverá ser apresentado os rumos do partido nas eleições deste ano no Rio Grande do Norte. Durante o encontro, deverá ser apresentado o nome do deputado federal Henrique Eduardo Alves como pré-candidato a governador.

A reunião está programada para hoje, a partir das 15 horas e atrairá a atenção das lideranças nacionais do partido, como o presidente nacional da legenda, senador Valdir Raupp, e o líder da bancada peemedebista na Câmara, deputado federal Eduardo Cunha. Além deles, o deputado federal João Arruda já confirmou presença.

A solenidade de hoje ocorrerá no hotel Praiamar e os líderes partidários estaduais das legendas que definirão o apoio ao pré-candidato Henrique Eduardo Alves também irão ao evento. Estão sendo aguardados o deputado federal João Maia (PR), que deverá ser pré-candidato a vice-governador na chapa, a vice-prefeita de Natal Wilma de Faria (PSB), que deverá disputar o Senado, e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta (PROS).

O ministro da Previdência Garibaldi Filho, um dos principais líderes do PMDB no Estado, também já confirmou presença. Os organizadores do evento programam a abertura para às 15h. Pelo planejamento, terão cinco discursos. A expectativa é de uma participação de filiados aos partidos na capital e no interior.

27 de março de 2014

29 CELULARES E 4 FACAS FORAM APREENDIDAS CADEIA DE CARAÚBAS NO RN

Uma revista do Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPChoque) resultou na apreensão de 29 celulares, quatro facas, maconha e um alambique artesanal nesta quinta-feira (27) na Cadeia Pública de Caraúbas, na região Oeste do Rio Grande do Norte. Nenhum detento foi pego em flagrante com o material.

De acordo com o coronel Elyause Moreira da Silva, diretor da Cadeia Pública de Caraúbas, a revista foi iniciada pela manhã e terminou por volta das 13h. Nenhum detento foi pego em flagrante com o material.

"Além dos celulares, também foram achados carregadores. Pouca quantidade maconha foi apreendida, acho que não tinha 100 gramas. E o alambique artesanal encontrado é usado pelos presos para fazer bebidas", detalha o coronel. A unidade prisional tem atualmente 162 detentos custodiados em dois pavilhões.

ACUSADOS DE MATAREM MOTOTAXISTA EM CAICÓ SÃO PRESOS PELA POLÍCIA

No dia em que o mototaxista Alceno Santos de 55 anos, foi sepultado em Caicó, a Polícia Militar da cidade conseguiu prender três acusados da morte do mesmo

Alceno veio a óbito na madrugada desta quinta-feira no hospital da cidade de Currais Novos, onde estava internado em decorrência dos tiros que sofreu durante um assalto no dia 20 de março por volta das 21:40 horas em Caicó.

Os presos são: Antônio Bezerra da Silva, 24 anos, morador da rua Eriberto Martiniano, 150, bairro Walfredo Gurgel, conhecido como Toninho, que assumiu ter sido o autor dos disparos que mataram o mototaxista. Geone Santos Silva, 22 anos, residente na rua Piaí, 37, também no bairro Walfredo Gurgel e o outro comparsa, Márcio Pereira de Azevedo, 25 anos, residente no mesmo bairro.

A localização e a prisão dos envolvidos só foi possível graças a colaboração da população que durante as investigações repassou informações importantes e necessárias para a polícia poder chegar aos acusados disse o comandante do 6º BPM, Major Costa.

OPOSIÇÃO PROTOCOLOU NESTA QUINTA-FEIRA PEDIDO PARA CRIAR A CPI NO SENADO

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), criticou nesta quinta-feira (27) a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a Petrobras, cujo requerimento de criação foi protocolado pela oposição nesta manhã. O parlamentar, contudo, disse que “agora não há mais o que fazer” e disse que vai marcar a data para leitura do pedido.

A oposição no Senado conseguiu 28 assinaturas - uma a mais que o mínimo necessário - para a criação da CPI, que vai apurar denúncias de irregularidades na Petrobras. Entre os temas a serem investigados está a compra, pela estatal, da refinaria Pasadena, no Texas (EUA). A transação é alvo de apurações no Ministério Público, no Tribunal de Contas da União e na Polícia Federal por suspeita de superfaturamento

Renan Calheiros, que já vinha criticando a iniciativa da oposição, disse que uma CPI em ano eleitoral “mais atrapalha do que facilita”. “Mas agora não há mais o que fazer”, declarou. A criação da CPI depende agora da leitura do requerimento em plenário, o que ainda não tem data para ocorrer, segundo informou Renan Calheiros. Ele pretende agendar a leitura com os líderes partidários.

Um dos principais articuladores da CPI, o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), criticou a pressão do Planalto para que os senadores aliados retirem suas assinaturas. “Não há quem segure as investigações”, disse o possível candidato tucano à Presidência da República ao comentar a intenção do governo de controlar a CPI.